Carregando...

Copa do Mundo de Beach Tennis terá maior cobertura televisiva

A principal competição de Beach Tennis do mundo também terá a maior cobertura televisiva da modalidade no Brasil. A ITF Beach Tennis World Cup, a Copa do Mundo por equipes, será realizada de 4 a 10 de outubro, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, e será transmitida pelo SporTV e pela NSports.

Paulo Carneiro
Paulo Carneiro
Foto: Lance!
  • Medvedev derruba Djokovic e vence US Open
  • Luisa Stefani teve rompimento de ligamento no joelho
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

O SporTV mostrará, ao vivo, sete jogos da competição, entre eles as disputas de terceiro lugar e final. Já a NSports transmitirá, também ao vivo e de forma gratuita, todos os 54 jogos programados para a quadra central do complexo esportivo que será montado no Posto 2 da Praia de Copacabana. Além dos jogos, as emissoras produzirão conteúdo da Copa Mundo para os seus canais.

Para Guilherme Figueiredo, CEO da NSports - Plataforma de streaming esportivo brasileira que é a mídia oficial do torneio, as transmissões certamente ajudarão a popularizar o esporte e apresentarão ao público os já consagrados campeões brasileiros e as promessas do Time Brasil. "Para a NSports é um privilégio transmitir oficialmente a ITF Beach Tennis World Cup no momento em que a modalidade tem ganhado tantos fãs e praticantes pelo Brasil. Serão 54 transmissões aproximando o público dos atletas. Abraçamos esse projeto e estamos orgulhosos em fazer parte dessa história que está sendo construída no Beach Tennis", declara.

A Copa do Mundo de Beach Tennis receberá as disputas das categorias Pro e Junior (18 anos), valendo pontos para o ranking mundial, com a participação de 192 atletas de 16 países. Disputada desde 2012, o Brasil é tricampeão da competição (2013, 2018 e 2019).

Simultaneamente à competição mundial serão realizados o Circuito Nacional Infantojuvenil, o Circuito Nacional Seniors e Campeonato Brasileiro de Beach Tennis. Os três torneios contarão pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Tênis.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*