Carregando...

Bottas lidera 1-2 da Mercedes em TL1 empoeirado no México. Verstappen é 3º

Valtteri Bottas foi um dos destaques do TL1 no Hermanos Rodríguez
Valtteri Bottas foi um dos destaques do TL1 no Hermanos Rodríguez
Foto: Mercedes / Grande Prêmio

TOTO WOLFF 'SEM FILTRO' É PIMENTA QUE POVO QUER PARA GP DO MÉXICO DE F1 | WGP

  • Ferrari vê suspensão da Mercedes dentro das regras e McLaren promete observar situação
  • Ex-engenheira de Ferrari e Williams, Antonia Terzi morre após acidente na Inglaterra
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Em pista considerada por muitos como um território da Red Bull, a Mercedes foi quem protagonizou o treino livre 1 do GP da Cidade do México, no começo da tarde desta sexta-feira (5) no Autódromo Hermanos Rodríguez. Valtteri Bottas foi o mais rápido da atividade ao marcar 1min18s341, enquanto Lewis Hamilton fechou a dobradinha da equipe chefiada por Toto Wolff com tempo 0s076 mais lento na comparação com o companheiro de equipe.

O melhor carro taurino foi o do líder do campeonato, Max Verstappen. O holandês ficou em terceiro, 0s123 atrás de Bottas, e foi seguido pelo companheiro de equipe, Sergio Pérez, dono da casa neste fim de semana. Pierre Gasly foi o quinto colocado com o carro da AlphaTauri.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Bottas superou Verstappen na reta final do TL1 da Cidade do México (Foto: Reprodução)

O treino livre 2 do GP da Cidade do México está marcado para 18h (de Brasília, GMT-3). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Como foi o treino livre 1 do GP da Cidade do México de F1

O fim de semana de atividades no Autódromo Hermanos Rodríguez abriu com muita poeira e a pista bastante suja no início do treino livre 1. O cenário era parecido como o de neblina ao passo em que os carros passavam pela pista.

A Red Bull começou o fim de semana como favorita, mas foi a Mercedes quem tomou a liderança nos primeiros minutos. Com pneus macios, Valtteri Bottas assumiu a dianteira com 1min21s327, seguido por Lewis Hamilton, 0s222 mais lento que o finlandês. Os taurinos abriram o treino com pneus duros para Sergio Pérez e Max Verstappen, o líder do campeonato.

Sergio Pérez escapa na saída do Foro Sol (Foto: Reprodução)

Dono da casa, Pérez subiu para segundo depois de 10 minutos de treino e tinha 0s842 para Bottas, que também melhorou seu tempo ao cravar 1min20s459. Logo depois, Charles Leclerc, que era o sexto na tabela de tempos, rodou e acertou a traseira do carro na barreira de pneus na saída do Foro Sol. Pérez também escapou e bateu no mesmo setor da pista.

Na sequência do treino, Pierre Gasly, com a AlphaTauri calçada com pneus macios, subiu para primeiro com 1min20s316, enquanto Verstappen avançou para a terceira posição. Hamilton partia para fazer uma volta rápida com pneus macios, mas escapou na entrada do S logo depois do retão, fruto da pista suja e da consequente falta de aderência.

Lewis Hamilton encara a poeira no TL1 da Cidade do México (Foto: Reprodução)

A liderança mudou de mãos minutos depois. Primeiro, Verstappen subiu para primeiro, ainda com pneus duros, mas depois o holandês foi superado por Hamilton, que virou 1min20s085 na sequência do seu stint com pneus macios.

Verstappen provou novamente a força da Red Bull, virou 1min19s826 e retomou a ponta. Só que Hamilton deu o troco e superou o rival por meros 0s045. A surpresa era Yuki Tsunoda, que aparecia em terceiro, à frente de Bottas e Gasly.

Na abertura da segunda metade do treino, os tempos caíram de forma considerável, já que as equipes começaram a trabalhar em ritmo de classificação. Carlos Sainz, por exemplo, chegou a colocar a Ferrari na frente com 1min19s470, mas o espanhol foi logo batido por Bottas, que cravou 1min18s834.

Foi aí que a Red Bull calçou pneus macios para Verstappen e Pérez realizarem as voltas mais rápidas do começo da tarde. E o holandês não teve dificuldades para deixar Bottas para trás por 0s370 e assumir a liderança do treino novamente, enquanto Hamilton era o terceiro, porém 0s512 mais lento que o rival. Gasly subiu novamente para o top-5 ao se colocar em quarto enquanto Pérez regressava à pista, para felicidade da torcida nas arquibancadas.

Max Verstappen foi um dos bons nomes do TL1 no México (Foto: Clive Mason/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Só que Bottas tratou de colocar a Mercedes de novo no topo da tabela de tempos depois de marcar 1min18s341, tempo 0s123 mais rápido na comparação com Verstappen. O grande ganho para o finlandês foi justamente no terceiro setor da pista, de onde faz parte o trecho mais lento, o Foro Sol. Pouco depois, Hamilton completou o 1-2 da Mercedes e deixou Max em terceiro.

Quando restavam menos de 10 minutos para o fim do treino, Verstappen voltou à pista, mas novamente com compostos duros, enquanto Pérez, com os macios, subiu para a quarta posição, pouco mais de 0s1 acima do tempo do companheiro de equipe.

Daí em diante, as principais posições na tabela de tempos não sofreram alterações. Bottas fechou na frente e comandou a tabela de tempos com dobradinha da Mercedes, enquanto a Red Bull terminou logo atrás com seus dois pilotos, Verstappen e Pérez. Gasly completou o top-5 no Hermanos Rodríguez.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*