Carregando...

Eliud Kipchoge comemora derrota para mil corredores em Paris

Quantas provas de 5km existem no mundo? Inúmeras. Mas a que foi realizada no último domingo (31), em Paris, teve três atrativos inigualáveis:

Eliud Kipchoge no evento que marcou os mil dias para o início das Olimpíadas Paris-2024. (Divulgação)
Eliud Kipchoge no evento que marcou os mil dias para o início das Olimpíadas Paris-2024. (Divulgação)
Foto: Lance!
  • Douglas Costa critica Grêmio e cita Corinthians como exemplo
  • Lionel Messi revela que pretende retornar para o Barcelona
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

1. Marcar os mil dias para a abertura das Olimpíadas de Paris;

2. Correr com Eliud Kipchoge, bicampeão olímpico e recordista da maratona; e

3. O corredor que chegasse na frente do queniano uma vaga na maratona que vai ser realizada após a prova olímpica.

A prova, que aconteceu na Champs Élysées, no coração de Paris, contou com mais de 3.600 participantes. Kipchoge, campeão na Rio-2016 e Tóquio-2020, foi o último a largar e com uma desvantagem de tempo. Quando o queniano, recordista mundial da maratona, terminou a corrida, mil corredores já tinham cruzado a linha de chegada e garantindo seu lugar na maratona olímpica não oficial.

"Esta é a primeira vez que estou feliz por ter perdido", disse Kipchoge após a provam, que fechou a prova, em piso de paralelepípedo, em menos de 14 minutos. "Minha derrota é uma vitória para várias centenas de pessoas que espero encontrar em 2024 aqui em Paris".

Embaixador dos Jogos de Paris-2024, Kipchoge não tem certeza se vai competir nas próximas Olimpíadas.

O Comitê Organizador das Olimpíadas de Paris planeja promover mais uma ou duas corridas para o público em geral para que mais pessoas possam se qualificar para a maratona olímpica não oficial. Mas ainda não há nenhuma definição. (Iúri Totti)


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*