Carregando...

Fenati bate Foggia e lidera primeiro dia de treinos da Moto3 em Portimão. Acosta é 4º

Romano Fenati liderou as atividades do dia em Portimão
Romano Fenati liderou as atividades do dia em Portimão
Foto: Max Racing / Grande Prêmio

AUMENTO NA IDADE MÍNIMA É REAÇÃO NECESSÁRIAS A TRAGÉDIAS DO MOTOCICLISMO | GP às 10

  • Marc Márquez sofre concussão em acidente em treino e desfalca Honda no GP do Algarve
  • Michelin ouve opiniões do GP de Portugal e modifica alocação de pneus no Algarve
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

A Moto3 não economiza emoções nem mesmo nos treinos livres. Romano Fenati apareceu logo após a bandeira quadriculada tremular no segundo treino livre para cravar 1min48s026 e ficar com a melhor marca do dia, apenas 0s015 mais rápido que Dennis Foggia, vice-líder do campeonato.

Jaume Masià ficou em terceiro. Líder do certame, Pedro Acosta foi o quarto mais rápido, seguido por Adrián Fernández, fechando o top-5 em Portimão.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Romano Fenati foi o mais rápido do primeiro dia de treinos (Foto: Max Racing)

Niccolò Antonelli foi o sexto, acompanhado por Filip Salac, Ayumu Sasaki, Ricardo Rossi e Ryusei Yamanaka. Izan Guevara, Darryn Binder, Carlos Tatay e Stefano Nepa aparecem entre aqueles que, neste momento, estariam se garantindo no Q2 da classificação.

A Moto3 volta a acelerar neste sábado (6), para a classificação do GP do Algarve, em Portimão, a partir de 9h30 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Como foi o primeiro dia de treinos da Moto3 em Portimão:

A Moto3 abriu as atividades do Mundial de Motovelocidade em Portimão e viu logo um dos postulantes ao título na frente. Dennis Foggia fez 1min48s296 e ficou com a melhor marca do TL1. Stefano Nepa foi o segundo, seguido por Filip Salac, Andrea Migno e John McPhee. Líder do certame, Pedro Acosta ficou em sexto.

O segundo treino livre começou com 21°C de temperatura e 29°C na pista, além de sol forte, sem nuvens no circuito português. Quando a luz verde apareceu, os pilotos rapidamente saíram dos boxes em busca dos melhores tempos.

Jaume Masià logo tomou a ponta, com 1min50s200, seguido por Andrea Migno e Darryn Binder. Os postulantes ao título, no início, eram tímidos e sequer apareciam no top-10. Logo depois, foi a vez de John McPhee marcar 1min49s196 para assumir a liderança. Durou pouco, porém, pois o líder Pedro Acosta cravou 1min49s066 para ficar em primeiro.

Fogga também melhorou e apareceu em quarto lugar, com 1min49s339, a 0s273 do rival Acosta. Xavier Artigas e Romano Fenati também evoluíram, pulando para quinto e sexto lugares, respectivamente.

A 15 minutos para o fim, Daniel Holgado enfrentou problemas na moto, encostou ao lado da pista no segundo setor e se manteve na discreta 26ª e antepenúltima posição no treino.

Apesar dos pilotos tentarem, poucos conseguiram melhorar as marcas obtidas no TL1. Acosta, Artigas, Guevara e Fenati evoluíram na segunda sessão.

A 10 minutos para o fim, Foggia reapareceu e fez 1min48s297, assumindo a liderança do TL2 e fazendo um tempo apenas 0s001 abaixo do obtido mais cedo. A dupla da Max Racing Team subiu também, com Romano Fenati e Adrian Fernández completando o top-3 da sessão.

No fim, já com a bandeira quadriculada, Fenati fez 1min48s026 e assumiu a liderança do dia, apenas 0s015 mais rápido que Foggia. Masià também melhorou e foi para terceiro.

# Quartararo renasce após derrota dolorida e conquista merecido título na MotoGP 2021

DUCATI ABUSA DE ERROS E PERDE OUTRO TÍTULO NA MOTOGP | GP às 10


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*