Carregando...

Marinho torce para lesão não ser grave e espera voltar ao Santos o quanto antes

Marinho abriu caminho para a importante vitória do Santos diante da Chapecoense, por 2 a 0, com cobrança perfeita de pênalti nesta quarta-feira. Logo depois, contudo, foi da alegria às lágrimas com dores no posterior da coxa. Acabou substituído e ficou extremamente triste. Com o time quase atingindo a pontuação para se garantir na elite do Brasileirão, o astro espera que a lesão não seja tão grave para ele retornar "o quanto antes".

Domingo, o Santos faz o clássico com o Corinthians na Neo Química Arena e o atacante ainda não se vê fora do duelo, apesar do pouco tempo para recuperação de uma lesão muscular. Ele procura manter o discurso otimista.

  • Neymar desfalca Brasil após festas que viraram a madrugada
  • Diretoria do Grêmio faz 'exigência' para Vagner Mancini
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

"Hoje consegui jogar, iniciar fazendo o gol, mas depois senti uma fisgada na posterior. Agora é pensar em recuperar para que não seja nada grave e estar de volta o quanto antes", afirmou Marinho, que já não havia atuado na rodada passada por causa de uma gripe.

Nesta quarta-feira, seu nono gol na temporada, o terceiro de pênalti, foi comemorado com entusiasmo por nomes de peso da história santista: Manoel Maria, Pepe, Lima, Edu e Abel estavam na Vila Belmiro apoiando o time na luta contra o rebaixamento. Aplaudiram Marinho e também Marcos Guilherme, que fechou a conta no segundo tempo e fez muita festa.

"Estou muito feliz pela vitória. Não sei se livrou 100%, então temos que continuar nessa pegada porque temos muitos jogos no campeonato para pensarmos", disse Marcos Guilherme. "Pelo jogo de hoje, a equipe toda está de parabéns."

Pelas contas da comissão técnica santista, 45 pontos são suficientes para a permanência na elite. O time subiu para 42, portanto, tem cinco jogos para buscar mais uma vitória pelo alívio.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*