Carregando...

Navarro já superou artilheiros de 5 edições da Libertadores

Rafael Navarro marcou quatro gols pelo Palmeiras na Libertadores
Rafael Navarro marcou quatro gols pelo Palmeiras na Libertadores
Foto: Vinicius Nunes/Agência F8 / Estadão

Se a Libertadores de 2022 terminasse hoje, Rafael Navarro seria o seu principal goleador e ficaria à frente dos artilheiros de cinco edições da competição. Com os seis gols marcados em apenas dois jogos, também se juntaria aos que mais fizeram gols em outras seis disputas de Libertadores, realizada pela primeira vez em 1960.

Em 1961, o artilheiro foi Osvaldo Panzutto, do Santa Fé, que marcou quatro gols. Em 1977, Néstor Scotta, do Deportivo Cáli, ocupou o posto, com cinco gols, assim como Arnoldo Iguarán, do Millonarios, em 1988.

  • Palmeiras tem primeiro 'jogo grande' no Brasileirão-2022 para entrar de vez na competição
  • Joia do Palmeiras, Endrick leva dois prêmios em conquista com a Seleção Brasileira
  • Gómez lamenta Palmeiras longe do Allianz, mas diz: 'Estamos preparados para jogar em qualquer campo'
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Já em 2006, nada menos que 14 jogadores dividiram o primeiro lugar como goleadores, também com cinco gols. Entre eles estavam Aloísio, do São Paulo, Fernandão, do Internacional, Marcinho e Washington, do Palmeiras, e Nilmar, do Corinthians.

Por fim, em 2014, Julio dos Santos, do Cerro Porteño, e Nicolás Olivera, do Defensor Sporting, terminaram como os artilheiros, do mesmo modo, com cinco gols.

Rafael Navarro pode conquistar outro feito se mantiver o ritmo: o de superar em número de gols os demais ex-jogadores do Palmeiras que foram artilheiros da Libertadores. Em 1968, Tupãzinho ficou no topo, com 11 gols. Em 2001, Lopes selou a liderança com nove gols e em 2018, Miguel Borja, também com nove, dividiu a artilharia com Morelo, do Santa Fé.
 


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*