Carregando...

Newgarden usa tática, sobrevive a relargadas e vence GP de Elkhart Lake da Indy

Josef Newgarden venceu em Road America
Josef Newgarden venceu em Road America
Foto: Indycar / Grande Prêmio

DIXON FINALMENTE CONSEGUE PRIMEIRO PÓDIO NA INDY 2022, MAS AINDA DÁ PARA BRIGAR PELO TÍTULO?

Josef Newgarden faturou o GP de Elkhart Lake da Indy, disputado neste domingo (12) no circuito de Road America. Depois de uma derrota traumática neste autódromo em 2021, o americano da Penske utilizou a estratégia certeira do time para dar um drible no pole-position Alexander Rossi, da Andretti, e triunfar pela terceira vez em 2022.

  • Câmara dos Deputados concede título de cidadão honorário do Brasil a Hamilton
  • Leclerc supera Red Bull e lidera segundo treino livre para o GP do Azerbaijão
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Vencedor da Indy 500, Marcus Ericsson ficou no segundo lugar ao ultrapassar Rossi na última relargada. Com o resultado, o sueco da Ganassi retomou a liderança do campeonato. Alexander completou o pódio, e comandou um trio da Andretti no top-5, com Romain Grosjean em quarto e Colton Herta em quinto.

O brasileiro Helio Castroneves, da Meyer Shank, amargou apenas o 23º lugar em Road America. O piloto ocupava a 16ª posição, mas rodou em uma relargada na reta final da corrida e amargou a chegada fora do top-20.

Líder do campeonato, Will Power teve um dia para esquecer. O australiano foi tocado por Devlin DeFrancesco, da Andretti, ainda nas voltas iniciais da corrida e ficou muito longe do pelotão, fechando apenas em. Outro candidato ao título com tarde desastrosa foi o atual campeão Álex Palou, da Ganassi, que se envolveu em acidente com o companheiro de equipe Marcus Ericsson na parte inicial da prova, e abandonou.

Após a maratona de eventos em finais de semana consecutivos, a Indy retorna apenas no dia 3 de julho com o GP de Mid-Ohio, na cidade de Lexington.

Saiba como foi o GP de Elkhart Lake da Indy:

A largada foi dada às 13h55 (de Brasília). Rossi fez trabalho de zigue-zague e manteve a primeira posição. Newgarden seguiu em segundo, enquanto Ericsson partiu para pressão sobre Palou. Enquanto isso, Jimmie Johnson escapou e rodou na caixa de brita, causando uma bandeira amarela. O top-10 era formado por Rossi, Newgarden, Palou, Ericsson, Grosjean, O'Ward, McLaughlin, Pagenaud, Herta e Rosenqvist.

A relargada veio com quatro voltas. Rossi mais uma vez partiu muito bem e disparou na liderança. Herta surpreendeu Pagenaud na curva 1 e assumiu o oitavo posto. Palou, que estava em terceiro, foi tocado por Marcus Ericsson e escapou na curva 5, parando na caixa de brita. Enquanto Rinus VeeKay foi fechado por Christian Lundgaard e também escapou. Com danos na suspensão, Álex abandonou a corrida e a bandeira amarela surgiu novamente.

A bandeira verde surgiu no sétimo giro. Agora, Rossi não largou forte como antes e levou ataque de Newgarden na curva 1, se defendendo muito bem. Herta novamente partiu forte e tirou McLaughlin da frente, assumindo o sexto posto.

Na briga pelo 15º lugar, Devlin DeFrancesco tocou a traseira de Will Power na curva 5. O líder do campeonato rodou e bateu no muro, quebrando a asa dianteira. A bandeira amarela foi acionada pela terceira vez em menos de 10 voltas. Diversos pilotos aproveitaram a oportunidade para o primeiro pit-stop da corrida.

A terceira relargada da corrida veio na volta 11. Rossi partiu mais uma vez bem, deixando Newgarden para trás e levando pressão de Ericsson. Herta tentou atacar O'Ward, mas não conseguiu. DeFrancesco, em 14º, foi punido com um stop & go.

Com 15 voltas, Rossi seguia na liderança, mas perseguido de perto por Newgarden, que estava a menos de 1s atrás. Ericsson e Grosjean vinham mais distantes, e formavam o top-4 de pilotos com pneus macios. O'Ward era quinto, com pneus duros. Alexander e Josef vieram aos boxes ao fim da volta. Marcus e Romain pararam no giro seguinte, assim como O'Ward.

Newgarden levou vantagem e saiu à frente. Rossi perdeu posição até para Ericsson, mas conseguiu recuperar o posto e partiu para caçar Josef e retomar a liderança virtual da prova. Com um pit-stop no começo da corrida, Kyle Kirkwood, da Foyt, tomou a ponta. Colton Herta seguiu escalando o pelotão, e superou Grosjean.

Felix Rosenqvist, que parou com bandeira amarela no início da corrida, surgiu na ponta após 20 voltas, seguido por Rahal e Newgarden. Rinus VeeKay vinha em quarto, mas perdeu rendimento e posições para Alexander Rossi, Marcus Ericsson, Colton Herta, Romain Grosjean e Pato O'Ward.

Felix Rosenqvist em Elkhart Lake (Foto: Indycar)

Com forte ritmo e gastando bastante push-to-pass, Newgarden tirou Graham Rahal da frente e encostou em Rosenqvist, que foi aos boxes no fim da volta 25 e entregou a liderança nas mãos do bicampeão. Rossi foi promovido ao segundo posto, 6s atrás do piloto da Penske, com Ericsson, Herta e Grosjean formando o top-5.

Na volta 29, Newgarden veio aos boxes pela segunda vez. Herta e McLaughlin aproveitaram a janela para parar também. Rossi e Ericsson vieram no giro seguinte, enquanto Grosjean parou na volta 31.

Com a ordem dos carros realinhada, Newgarden era líder de novo com 4s54 de frente para Rossi. Rosenqvist vinha em terceiro, com Ericsson em quarto e Herta em quinto. O sueco da McLaren perdeu ritmo nos giros seguintes e caiu para o quinto lugar. Com 20 voltas para o final, o bicampeão vinha perdendo vantagem para Rossi, agora indo na casa de 3s5. Josef conseguiu construir a distância nos giros seguintes, abrindo 4s2.

Já na marca de 15 voltas restantes, começou a janela final de pit-stop dos líderes, com Newgarden e Rossi parando ao mesmo tempo. Ericsson e Herta vieram no giro seguinte. Josef voltou na liderança novamente, mas com vantagem confortável para Alexander. Colton voltou mais próximo de Marcus, tentando ameaçar o pódio.

Na batalha pelo quinto lugar, Romain Grosjean superou Felix Rosenqvist. No top-10, Pato O'Ward viu a McLaren #7 parar por problemas mecânicos com oito voltas para o fim, gerando uma nova bandeira amarela.

Na relargada, Newgarden saiu muito bem e conseguiu abrir vantagem para Rossi. Helio Castroneves, que estava em 16º, rodou sozinho na última curva e acabou parando na grama, gerando mais uma bandeira amarela, e o brasileiro caindo para o fim do pelotão. Com bandeira verde, Josef mais uma vez disparou, e deixou Alexander brigando com Marcus Ericsson, que com boa manobra na curva 1, tomou o segundo lugar.

POR QUE POWER É CANDIDATO REAL AO TÍTULO DA INDY EM 2022?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*