Carregando...

Ricciardo revela conversas periódicas com McLaren e avisa: "Não preciso ser chutado"

Ricciardo não vive dias de destaque na McLaren
Ricciardo não vive dias de destaque na McLaren
Foto: McLaren / Grande Prêmio

F1 2022: FIA VAI INTERVIR NOS QUIQUES. QUEM GANHA (E PERDE) DE VERDADE NESSA HISTÓRIA?

Em uma temporada na qual somou apenas 15 pontos em nove corridas, Daniel Ricciardo constantemente tem seu futuro especulado fora da McLaren. O piloto australiano chegou à equipe inglesa no ano passado, mas ainda não demonstrou total adaptação ao carro — que é completamente diferente este ano — e já rendeu até mesmo algumas declarações públicas do CEO da escuderia, Zak Brown, claramente insatisfeito com seu desempenho.

  • Leclerc é punido com dez posições no grid do Canadá
  • Red Bull suspende vínculo com Vips após comentários racistas em live na Twitch
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Após a corrida no Canadá — em que a McLaren teve uma jornada para se esquecer e saiu zerada —, Ricciardo revelou que tem conversado com a equipe sobre o assunto, mas tratou de negar que seja um 'puxão de orelha'. De acordo com o piloto australiano, o time tem feito reuniões regulares com ele na intenção de entender como pode ajudar a melhorar seu rendimento.

Ricciardo disse que tem conversado com a McLaren sobre maneiras de conseguir melhorar (Foto: McLaren)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

"Certamente tivemos algumas conversas", admitiu Ricciardo em entrevista ao portal RacingNews365. "Quero dizer, isso parece muito formal. Passamos algum tempo juntos, mas não é realmente uma coisa anual, fazemos isso uma vez a cada dois meses. Também não é como se eu precisasse de um chute na bunda. Eu sei como estão meus resultados e sei o que está bom e o que não está. São apenas eles vendo se tem alguma coisa que podem fazer para ajudar", garantiu.

Atualmente, Ricciardo ocupa apenas a 13ª colocação no Mundial de Pilotos, e seus 15 pontos se distribuem em apenas três corridas: Austrália, Ímola e Azerbaijão. O desempenho tem sido completamente diferente de seu companheiro Lando Norris, que já somou 50 tentos e está em sétimo na tabela, atrás apenas dos pilotos de Red Bull, Ferrari e Mercedes.

No entanto, Ricciardo acredita que o jogo já pode estar virando para a McLaren, principalmente depois da corrida de Mônaco. Apesar do resultado ruim no Canadá, o australiano disse que a equipe "tentou algumas coisas" no carro que surtiram resultado e preferiu focar nos finais de semana em que o time conseguiu extrair mais do MCL36.

"Eu sinto que nós conseguimos um pequeno avanço depois de Mônaco com a fábrica no simulador, onde tentamos algumas coisas", disse Ricciardo. "Acho que mesmo que nosso resultado [no Canadá] não tenha sido bom, os últimos finais de semana certamente foram melhores e se mostraram mais promissores", encerrou.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*