Carregando...

Mercedes confirma atualizações no W13 para Silverstone: "Vamos nos esforçar ao máximo"

Mercedes confirmou atualizações para o GP da Inglaterra
Mercedes confirmou atualizações para o GP da Inglaterra
Foto: Jiri Krenek / Mercedes / Grande Prêmio

Em sua corrida contra o tempo para solucionar os problemas que ainda atrapalham o desempenho de Lewis Hamilton e George Russell em 2022, a Mercedes confirmou que levará para Silverstone, palco da próxima etapa do calendário da Fórmula 1, atualizações para o W13. De acordo com o diretor-técnico da equipe alemã, Mike Elliot, o objetivo é impulsionar o desenvolvimento do carro para brigar com os ponteiros.

No GP do Canadá, a Mercedes conseguiu um bom ganho de performance mesmo com o carro um pouco mais alto e terminou em terceiro e quarto com Hamilton e Russell, respectivamente. Mas o principal progresso do fim de semana foi ter saltado bem menos que o visto em etapas anteriores — inclusive, o próprio Toto Wolff confirmou que o porpoising não é mais problema. Os quiques que ainda ocorrem no W13 são decorrentes da rigidez do carro.

  • Ferrari critica direção de prova e pede decisões mais "nítidas" após GP do Canadá
  • Red Bull suspende vínculo com Vips após comentários racistas em live na Twitch
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Mercedes celebra pódio de Hamilton no Canadá (Foto: Jiri Krenek / Mercedes)

"Vocês podem ter certeza de uma coisa: vamos nos esforçar o máximo que for possível", garantiu Elliot no vídeo pós-corrida. "Vamos levar peças novas para Silverstone, impulsionar o carro para frente buscando algum ritmo não só do pacote que temos, como também das atualizações que vamos adicionar no carro", acrescentou.

Mas apesar da boa expectativa, o diretor-técnico tem consciência de que Ferrari e Red Bull ainda estão na frente, com a Mercedes vindo em seguida. "Temos de ser honestos conosco. Em uma corrida normal, acho que vai ser difícil", continuou, dizendo, por fim, que aposta em um cenário mais favorável para o time de Brackley na Inglaterra da mesma forma que foi na Espanha.

"Acho que Silverstone será um circuito que nos convém um pouco mais, como Barcelona, mas talvez tenhamos um pouco de dificuldade. Aconteça o que acontecer, vamos nos esforçar ao máximo. Nossos pilotos vão se esforçar ao máximo, porque queremos voltar a vencer. Queremos vencer para o time e também para vocês, torcedores. Vamos ver o que vai acontecer", encerrou.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*