Carregando...

Vítor Pereira blinda 'miúdos' de possíveis investidas do mercado internacional

O desejo do técnico Vítor Pereira é contar com o trio Du Queiroz, Adson e Gustavo Mantuan no Corinthians até, pelo menos, o fim deste ano.

Du Queiroz e Mantuan participaram de gols do Corinthians contra o Santos (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)
Du Queiroz e Mantuan participaram de gols do Corinthians contra o Santos (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)
Foto: Lance!

O treinador corintiano está empolgado com a evolução desses atletas, formados pela base do clube alvinegro nos últimos anos, e o fato deles estarem assumindo o protagonismo na equipe principal.

  • Comercial da Globo manda 'indireta' para Róger Guedes após atacante do Corinthians errar finalização
  • Corinthians avança por acordo sobre pagamento pela construção da Arena
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

A partir disso, Vitor acredita que esses jogadores precisam manter o nível em que se encontram no momento e isso só acontecerá em caso de sequência. Portanto, o desejo do comandante da equipe alvinegra é que eles não deixem o Timão na próxima janela de transferências internacional, que abre em julho.

Por outro lado, a diretoria corintiana entende que precisa vender algum ativo neste meio do ano e sabe que jogadores jovens em crescimento atrai o mercado internacional. Ainda assim, o principal 'atleta de mercado' do Corinthians no momento é o zagueiro João Victor, encaminhado com o Porto, de Portugal.

A diretoria corintiana entende que precisa vender algum ativo neste meio do ano para conseguir bater a meta de vendas para essa temporada, que é de R$ 91,5 milhões. A equipe do Parque São Jorge já fez R$ 46,8 milhões com as vendas do meia Éderson, ao Salernitana, da Itália, e o atacante Gabriel Pereira ao New York City, dos Estados Unidos.

O Corinthians não recebeu propostas por Du Queiroz, Adson ou Mantuan até o momento, e, entre eles, somente Du já foi alvo de um contato mais específico, quando, nas últimas semanas, representantes do Lyon, da França, conversaram com integrantes do estafe do meia para ter mais informações sobre ele.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*