Carregando...

Gustavo Gómez lamenta derrota do Palmeiras, mas admite: 'Tem dias que a bola não entra'

O Palmeiras sofreu sua segunda derrota em casa no Brasileirão-2022 ao ser batido pelo Athletico-PR por 2 a 0, no Allianz Parque, neste sábado. Mesmo com a decepção da torcida, não é possível dizer que o time não tentou. Foram mais de 30 finalizações, mas nenhuma na rede do adversário, o que foi lamentado por Gustavo Gómez.

Gustavo Gómez lamentou as chances perdidas pelo Palmeiras em derrota no Allianz (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Gustavo Gómez lamentou as chances perdidas pelo Palmeiras em derrota no Allianz (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Foto: Lance!

GALERIA

  • Palmeiras bate o Cerro Porteño e abre vantagem nas oitavas de final da Libertadores
  • Cerro Porteño x Palmeiras: prováveis escalações, desfalques e onde assistir
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

TABELA

Na zona mista, o paraguaio foi o único palmeirense a falar com a imprensa que estava no local. Ele lamentou o resultado negativo, mas admitiu que por mais que o ataque tenha tentado, tem dias em que a bola realmente não entra. Agora é buscar a pontuação fora de casa.

- Fico triste, fizemos um jogo bom, tivemos 35 finalizações, sete gol, mas tem dia que a bola não entra. Temos que saber que há um adversário desse tamanho, um time muito qualificado, temos que buscar os pontos fora - declarou o zagueiro alviverde.

Gómez, que tem jogado frequentemente com o time titular do Palmeiras, evitou usar o cansaço como desculpa e voltou a falar em conquistar pontos como visitante para amenizar a derrota em casa.

- Acho que não sentimos tanto, no primeiro tempo estávamos muito bem, mas isso não é desculpa, temos que seguir, são muitos jogos, Brasileirão é isso. Temos que buscar os três pontos que perdemos aqui, fora de casa - afirmou o capitão.

Com o resultado, o Verdão viu sua vantagem na liderança diminuir para dois pontos e perdeu a chance de disparar na tabela do Brasileirão. Gómez, porém, pede calma nas análises sobre o time.

- Futebol é muito difícil, se define nos detalhes, o Athletico-PR fez um jogo bom também, futebol é isso, quando nosso time ganha não é o melhor do mundo, e quando perde não é o pior. Temos que trabalhar para voltar forte - concluiu o defensor.

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Cerro Porteño, pela partida de volta das oitavas de final da Libertadores. No primeiro jogo, em Assunção, o Verdão venceu por 3 a 0 e agora pode perder por até dois gols de diferença, que ainda assim garantirá vaga nas quartas de final da competição continental.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar