Carregando...

Mercedes vibra por "entrar na briga" por vitória na Inglaterra e exalta ritmo do W13

Lewis Hamilton fez pódio na Inglaterra
Lewis Hamilton fez pódio na Inglaterra
Foto: Mercedes / Grande Prêmio

A Mercedes teve dois momentos bem distintos no GP da Inglaterra deste domingo (3), primeiro com o envolvimento de George Russell no forte acidente na largada e que acabou tirando o piloto da corrida, e depois com a chance real de vitória de Lewis Hamilton. E esse último graças ao bom desempenho do W13, que agora sim parece ter deixado Toto Wolff bastante satisfeito.

Depois da corrida em Silverstone, o chefe das Flechas de Prata disse que foi bastante encorajador ver o heptacampeão lutando de igual para igual contra os carros da Ferrari e da Red Bull. "Estamos muito satisfeitos! Hoje o carro mostrou desempenho. Estávamos na briga pela vitória, e isso é encorajador."

  • Em novo trecho de entrevista, Piquet é homofóbico ao falar de Hamilton
  • Piquet pede desculpa a Hamilton, mas alega "tradução incorreta"
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Lewis Hamilton foi ao pódio na Inglaterra e brigou de igual para igual pela vitória (Foto: Mercedes)

"Provavelmente perdemos um pouco de velocidade na relargada, mas quase não tivemos problemas com os saltos, e o ritmo do carro foi muito animador tanto com pneus médios quanto com os duros. Só com os macios que não tivemos aderência necessária", acrescentou Wolff, ressaltando ainda que a história poderia ter sido muito diferente, se não fosse a intervenção do carro de segurança na parte final. "Se não fosse o safety-car, ele [Hamilton] provavelmente teria vencido a corrida."

+ Piquet dobrou racismo e ainda colocou homofobia em outra declaração sobre Hamilton

No final, Lewis foi o terceiro, mas isso não diminuiu em nada o sentimento de ter, de fato, encontrado o desempenho que tanto tem buscado na temporada 2022. "O mais animador é que o nosso carro estava na corrida."

"Nós só queremos voltar a vencer corridas, isso seria ótimo. Nosso alvo é esse, estar na briga com eles [Ferrari e Red Bull]. Hoje, começamos a nos divertir um pouco com o carro. Curiosamente, os pneus duros foram mais fáceis de aquecer do que os macios", concluiu Wolff.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*