Carregando...

Pérez celebra recuperação na Inglaterra e destaca "batalha épica" com Hamilton e Leclerc

Sergio Pérez travou duelo interessante com Leclerc e Hamilton, mas prevaleceu em Silverstone
Sergio Pérez travou duelo interessante com Leclerc e Hamilton, mas prevaleceu em Silverstone
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

FÓRMULA 1 2022 AO VIVO: QUE CORRIDA! TUDO SOBRE A VITÓRIA DE CARLOS SAINZ NA INGLATERRA | Briefing

Em uma corrida na qual Max Verstappen sofreu com problemas na carroceria do RB18, coube ao mexicano Sergio Pérez levar a Red Bull ao pódio no GP da Inglaterra, disputado neste domingo (3). 'Checo' saiu da quarta posição no grid de largada e aproveitou os infortúnios do atual campeão e de Charles Leclerc para emergir na segunda posição ao final da corrida, naquele que representou seu sexto pódio na temporada.

  • Em novo trecho de entrevista, Piquet é homofóbico ao falar de Hamilton
  • Piquet pede desculpa a Hamilton, mas alega "tradução incorreta"
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Celebrando bastante o resultado, Pérez destacou também a luta que teve com Lewis Hamilton, ávido para tomar a posição do piloto da Red Bull — mas que precisou se contentar com a terceira colocação, em uma prova na qual seu companheiro de equipe também teve problemas.

Sergio Pérez saiu de último para conseguir mais um pódio para a Red Bull em 2022 (Foto: Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

"Foi uma grande luta com Charles [Leclerc], com Lewis [Hamilton], eu senti durante a disputa que tinha a posição. Foram voltas emocionantes naquele final", afirmou, antes de explicar o toque com Leclerc ainda no início da corrida, que lhe causou danos na asa.

"Eu fui espremido, com Charles por dentro e Max [Verstappen] por fora", afirmou. "A partir daí, tivemos danos na asa e eu tive que parar para trocar", explicou Pérez, que precisou escalar o pelotão inteiro para conquistar um lugar no pódio — ao fim da corrida, foi inclusive eleito 'Piloto do Dia' pelo público na enquete oficial da categoria.

"Troquei [a asa] e caí para o último lugar, mas foi uma grande recuperação a partir de lá", exclamou o piloto. "Nós nunca desistimos e continuamos forçando. Estávamos forçando até o final, e foi uma épica batalha entre nós", celebrou o #11.

A Fórmula 1 retorna já no próximo final de semana, com a disputa do GP da Áustria, no Red Bull Ring, marcado para acontecer entre os dias 8 e 10 de julho.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar