Carregando...

Após vitória do Flamengo sobre o São Paulo, Dorival Júnior destaca qualidades de Victor Hugo e Lázaro

Assistência de Victor Hugo, gol de Lázaro. Foi assim que o Flamengo abriu o placar diante do São Paulo, neste sábado, na vitória por 2 a 0 pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com Dorival Júnior preservando titulares para o jogo de terça contra o Corinthians, pela Libertadores, os garotos do Ninho ganharam nova oportunidade, foram bem mais uma vez e ganharam elogios do técnico após o jogo.

- É um garoto que tem uma maturidade interessante. Pouca idade, mas pelas condições que apresenta, a evolução defensiva e ofensivamente, participando muito. Está encontrando essa forma de jogar com a necessidade, de ajudar nas duas (funções). Tem sido interessante. Vamos seguir acompanhando e estimulando a evolução - afirmou Dorival Jr, questionado sobre a maturidade de Victor Hugo.

  • Flamengo decide poupar titulares contra o São Paulo e deve repetir escalação no Brasileiro
  • Renato Maurício Prado se empolga com Dorival e cita dois ex-Flamengo que 'não fazem falta'
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

- Não só ali (como falso 9), mas participou por fora, no segundo tempo, e tem sido importantíssimo. Está buscando seu espaço, evoluindo a cada momento e criando boas oportunidades, sustentando o jogo. É natural que precise corrigir alguns detalhes, mas só vai alcançar isso atuando. Vejo que está cumprindo muito bem a função, determinado e sendo decisivo, dando ótimas opções - respondeu o treinador sobre Lázaro, antes de complementar:

- É um jogador de desafogo e também presente para finalizar. Movimentação interessante. Vi que pelo lado talvez ele não alcance o que está alcançando pelo meio - elogiou o comandante do Flamengo.

Dorival Júnior no Morumbi Foto: Victor Monteiro/W9press/Lancepress!
Dorival Júnior no Morumbi Foto: Victor Monteiro/W9press/Lancepress!
Foto: Lance!

Com a vitória no Morumbi, o Flamengo foi aos 36 pontos e, por ora, ocupa a terceira posição da tabela do Brasileirão. Agora, o Rubro-Negro volta as atenções para a Libertadores. Nesta terça-feira, no Maracanã, o Rubro-Negro recebe o Corinthians após vencer a ida por 2 a 0. Dorival fez questão de ressaltar que não há nada definido.

- Outro confronto, completamente diferente. Todos conhecem o Corinthians, não é vice-líder por acaso. Fizemos um resultado, mas não há nada definido. O torcedor tem direito de imaginar, nós não. Temos que confirmar e, para isso, precisamos fazer um jogo sólido e seguro. A vantagem pode vir a ser importante nos cinco minutos finais da partida. Temos que fazer um jogo claro, determinado e conhecendo o nosso adversário que há 10, 15 dias, contra nossa equipe. O futebol prega muitas peças, e não podemos vacilar em momento nenhum. A preparação começou no dia seguinte à vitória.

Confira outras respostas do técnico Dorival Júnior, do Flamengo:

Regularidade apresentada pela equipe

Há um fator importante que vem acontecendo. Independe dos nomes que colocamos, os jogadores estão dando uma resposta muito positiva. Chamo a atenção para nossa linha de zagueiro, que, de repente, vinham sendo muito contestados. Há quantos jogos estamos sem tomar gols? Isso é um ponto importante. É um trabalho coletivo, que começa pela primeira linha de marcação, passa pelos meias e volantes, mas o comportamento da linha defensiva tem sido exemplar, com uma formação ou outra. A evolução desde a partida contra o Santos, se não me engano, foi muito grande. Todo trabalho que está sendo desenvolvido neste sentido está gerando resultado.

Mérito do trabalho é a simplicidade?

Tivemos que mudar algumas funções. A do Gabriel, para ele e Pedro se sentirem confiantes. Para o Arrascaeta. Quando jogamos com dois homens abertos, uma nova função para o Lázaro. É feito com cumplicidade, mas com muito trabalho, entrega e, principalmente, aceitação dos jogadores, que abraçaram a ideia e acreditam que ela pode acontecer desde a dedicação e foco de todos. Todos jogos têm sido assim, independente do time. Todos interessados em melhorar, acertar. É um trabalho coletivo.

Briga pelas três competições e manutenção da equipe

Dificuldade será grande em todas competições. Não temos vaga definida na Libertadores, mas temos uma vantagem. Um confronto diretíssimo contra o Athletico, na Copa do Brasil, e estamos a nove pontos para o líder do Brasileirão. Não temos situação confortável em nenhum torneio. Temos que continuar trabalhando como temos feito. Não considero titulares ou reservas, são todos jogadores do Flamengo e estão tendo suas oportunidades.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar