Carregando...

Vítor Pereira revela bastidores da conversa com membros da Gaviões e possível permanência no Corinthians

Vítor Pereira confirmou a reunião que teve com membros da Gaviões da Fiel antes da vitória por 4 a 1 sobre o Atlético-GO, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

Vítor Pereira e Duílio têm uma boa relação de cumplicidade (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)
Vítor Pereira e Duílio têm uma boa relação de cumplicidade (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)
Foto: Lance!

O treinador revelou que a conversa aconteceu muito por conta da declaração que ele deu após o Dérbi, onde também colocou que foi mal interpretado, mas pediu desculpas.

  • Corinthians chega ao último dia da janela com reforços badalados e saídas de jogadores importantes
  • Derrotas para Flamengo e Palmeiras aumentam a responsabilidade do Corinthians contra o Atlético-GO
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

VP ainda disse que situações como essa ocorreram com eles em outros clubes, de países diferentes, e que isso é natural, principalmente com torcidas que vivem o time, como a corintiana.

- A conversa que tivemos já aconteceu em outros países. Quando uma torcida como a nossa se entrega com paixão e se entrega do primeiro ao último minuto, tem que ter abertura e eu tenho que conversar quando for solicitado. A abertura da nossa conversa foi com base nas declarações que dei da última vez. Sou uma pessoa emocional, honesta e direta no que sinto, aquilo que sinto é o que eu digo, fui um pouco impulsivo, fui reativo, reage um pouco sem paciência, frustrado com o resultado do jogo, mas reagi do ponto de vista pessoal - disse Vítor em entrevista coletiva após o triunfo sobre o Dragão.

- E fui mal interpretado, porque as pessoas confundem arrogância com orgulho, orgulhoso eu sou pelo que eu construí, que construí ao pulso, sei porque vim do nada e construí do nada, Não vim ao Corinthians por dinheiro, porque se viesse iria para um lugar qualquer, onde paga melhor, e tenho vários convites para me dar mais dinheiro, mas estou na fase da vida, da minha carreira… vim para o Corinthians com paixão, identificado pela paixão da torcida. Pessoas interpretaram de outra forma. Estarei de corpo e alma pelo que eu me comprometi com o Corinthians, até o compromisso acabar, com muito respeito às pessoas que vivem na dificuldade, porque vim da dificuldade e construí a minha vida nisso, com orgulho e não com arrogância, detesto arrogância. Se ofendi alguma pessoa de bem eu peço desculpas - acrescentou.

RENOVAÇÃO?

Outro bastidor revelado por Vítor Pereira durante a entrevista coletiva pós-jogo contra o Atlético-GO foi uma conversa com o presidente corintiano Duílio Monteiro Alves logo após a derrota no Dérbi, do último sábado (13), para que o treinador renovasse o seu vínculo com o Timão

Querido pela linha de frente que cuida do futebol do Timão, Vítor tem contrato com o clube alvinegro até dezembro deste ano.

Ele valorizou a relação que tem com a direção corintiana e disse que, através deste clima amistoso, conversará apenas até o fim da temporada. Ele não cogita sair antes do período, justamente porque assumiu o compromisso com o Corinthians.

- Eu primeiro vou confessar algo: o presidente não disse isso hoje ao jornalista, Ele (Duílio) me disse (que gostaria de renovar o contrato) depois da derrota do Palmeiras. Ele disse: 'se quiser renovar o contrato, renova hoje'. O tal equilíbrio que existe em um ambiente, equilibrado e de apoio, de passar quatro dias de uma derrota que custou muito. As coisas estão alinhadas. O presidente não disse isso depois de uma vitória, mas depois de uma derrota, isso tem que ter mérito - revelou Vítor Pereira.

- Eu disse, quando cheguei, que esperaria o final da temporada, e quando chegar o final conversaria como amigos. Eu sinto amizade com eles, com essa gente, sinto que estou em um ambiente familiar que me trata bem. Vamos sentar e entender os pontos de vista do clube, os meus e da minha família porque não estou nessa vida sozinho, e depois ver o que é - concluiu.

Vindo de dois resultados negativos, eliminação para o Flamengo na Libertadores e derrota no clássico contra o Palmeiras, que distanciou o Timão da liderança do Campeonato Brasileiro, o trabalho de Vítor Pereira chegou a ser questionado por alguns membros do conselho corintiano e torcedores do clube.

Ainda assim, o profissional sempre esteve prestigiado com o departamento de futebol, que o vê como o cara certo para levar a equipe alvinegra.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*