Carregando...

Botafogo desbanca o Fortaleza em Castelão lotado e respira no Brasileirão

O Botafogo deixou de lado sua irregularidade e numa grande atuação desbancou o Fortaleza, vencendo por 3 a 1, com a Arena Castelão lotada na tarde deste domingo, pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esta foi a primeira vitória do alvinegro carioca no returno e a primeira derrota do tricolor cearense, que vinha de cinco vitórias seguidas e tinha 100% de aproveitamento desde a virada de turno. O jogo bem disputado contou com a presença de mais de 56 mil torcedores, recorde de público este ano no Castelão.

Os dois times agora têm os mesmos 30 pontos em posições intermediárias na tabela de classificação. O Botafogo está abaixo do Fortaleza por uma pequena diferença no saldo de gols: -3 a -5. Eles ainda seguem mais preocupados com a ameaçada de rebaixamento do que almejam vaga em alguma competição sul-americana.

  • Volt calcula indenização milionária do Botafogo por quebra de contrato
  • Parceiro do Botafogo, Molenbeek bate Grupo City e se torna o mais valioso da segunda divisão da Bélgica
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!
Em partida com público recorde, gols foram marcados por Eduardo, Marçal e Moisés Foto: Vitor Silva/Botafogo

Com a torcida ainda se acomodando nas arquibancadas, quase que o Fortaleza abriu o placar aos 30 segundos. O lance começou com Juninho Capixaba avançando pela esquerda e cruzando para dentro da área. Romarinho matou no peito e bateu com o pé esquerdo, mas pegou muito embaixo na bola e mandou por cima do travessão.

Mas o Botafogo fazia um jogo tranquilo, com o meio-campo bem postado. Os volantes Tchê Tchê e Lucas Fernandes mostraram bom posicionamento à frente da defesa e Eduardo fez bem as articulações de jogadas.

O Botafogo quase marcou aos 14 minutos. Jeffinho apareceu pelo lado esquerdo, tocou atrás para Lucas Fernandes, que jogou na ponta esquerda para Marçal. Após o cruzamento, Eduardo se jogou de peixinho dentro da área e Fernando Miguel fez grande defesa. Na cobrança de escanteio, Adryelson cabeceou para fora com perigo.

Aos 18 minutos o Botafogo abriu o placar. Jeffinho recebeu na ponta esquerda, ganhou de Brítez no alto e chegou na linha de fundo, cruzando para Eduardo, que chutou do lado direito do goleiro Fernando Miguel.

Enquanto o Fortaleza se desorientava, o Botafogo aproveitava bem os espaços do campo. Aos 27 minutos, o estreante Tiquinho Soares cabeceou após escanteio de Marçal e Fernando Miguel defendeu. Três minutos depois, Tiquinho fez o giro e chutou forte para Fernando Miguel espalmar para escanteio. A superioridade botafoguense resultou no segundo gol, aos 35 minutos, novamente com Eduardo. Após cobrança de escanteio de Marçal, o zagueiro Victor Cuesta desviou de cabeça no primeiro pau e Eduardo apareceu livre, na pequena área, para cabecear no contrapé do goleiro Fernando Miguel.

Um choque de cabeça entre Thiago Galhardo e o lateral Rafael, do Botafogo, levou preocupação aos médicos. O botafoguense levou a pior, sofrendo forte pancada no rosto e sendo substituído por Luca Mezenga. O lateral saiu de campo lúcido e encaminhado para um hospital de referencia onde se confirmou o trauma crânio-facial (pancada no osso do rosto) e fará exames mais detalhados.

O Fortaleza voltou para o segundo tempo com duas mudanças. Na frente, saiu Romarinho para a entrada de Pedro rocha e Hércules entrou no lugar de José Welison no meio-campo. Além disso, o tricolor iniciou com pressão na saída de bola do visitante. Aos sete minutos, Thiago Galhardo insistiu pelo lado esquerdo da área e sofreu o pênalti, calçado por baixo por Mezenga, que se precipitou no lance porque a bola estava na linha de fundo. Na cobrança forte de Robson, aos nove, Gatito Fernandez saltou do lado esquerdo e rebateu. E, na sequência, ainda espalmou o chute forte de Hércules, o primeiro a alcançar a bola.

Após desperdiçar muitas oportunidades, o Fortaleza viveu grande frustração aos 18 minutos, quando Marçal pegou uma rebatida da defesa na frente da área, sem marcação chutou no ângulo direito de Fernando Miguel. Um golaço do Botafogo.

Na base da valentia, o Fortaleza voltou a atacar e diminuiu aos 24 minutos com Moisés. Ele recebeu passe de Thiago Galhardo, que desviou em Adryelson, ajeitou no corpo e bateu forte na saída de Gatito: 3 a 1. Dois minutos depois, o goleiro voltou a aparecer bem ao espalmar chute rasteiro de Sílvio Romero. O jogo continuou aberto e intenso até o final.

Na próxima rodada, o Botafogo vai receber no Engenhão o América-MG, domingo (11), às 11h, enquanto o Fortaleza também vai jogar no Rio de Janeiro, mas diante do fluminense, no sábado (10), às 19h.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 1 X 3 BOTAFOGO

FORTALEZA - Fernando Miguel; Brítez, Marcelo Benevenut, Titi (Otero) e Juninho Capixaba; Lucas Sasha (Lucas Lima), José Welison (Hércules), Thiago Galhardo; Moisés, Robson (Sílvio Romero) e Romarinho (Pedro Rocha). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Rafael (Lucas Mezenga), Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê, Lucas Fernandes e Eduardo (Gabriel Pires); Victor Sá (Lucas Piazon), Tiquinho Soares (Júnior Santos) e Jeffinho (Kanu). Técnico: Luís Castro.

GOL - Eduardo, aos 18 e aos 35 minutos do primeiro tempo. Marçal, aos 18 e Moisés, aos 24 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Ramon Abatti Abel (SC)

CARTÕES AMARELOS - Juninho Capixaba (Fortaleza). Marçal e Eduardo (Botafogo).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar