Carregando...

Gane comanda festa na estreia do UFC Paris e nocauteia Tuivasa

A estreia do Ultimate na França, com o UFC Paris, não poderia ser melhor para a organização na tarde deste sábado (3). Com grandes lutas e performances, o show coroou Ciryl Gane, ex-campeão e maior lutador da modalidade no país, como o dono da festa. O peso-pesado nocauteou Tai Tuivasa no main event e deixou o público em estado de festa.

Gane foi o grande nome da estreia do UFC Paris e nocauteou Tuivasa (Foto: Reprodução)
Gane foi o grande nome da estreia do UFC Paris e nocauteou Tuivasa (Foto: Reprodução)
Foto: Lance!

Já no co-main event, Robert Whittaker, ex-campeão dos médios, teve uma grande performance contra Marvin Vettori. Único brasileiro escalado no UFC Paris, Gabriel Fly foi nocauteado em sua estreia na companhia pelo atleta local Benoit Saint-Denis.

  • Makhachev afirma que Charles do Bronx tenta correr de um confronto entre ambos: 'Quer luta fácil'
  • LFA anuncia duas disputas de cinturão para a maior edição de sua história, em Recife
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Gane brilha em casa e nocauteia

O round inicial foi morno no UFC Paris, com os atletas evitando maiores contatos. O panorama seguia o mesmo no segundo assalto, mas Tai Tuivasa acertou um cruzado de direita que derrubou Ciryl Gane. A partir desse knockdown, o combate foi outro. Para responder, o francês iniciou uma blitz com chutes na linha de cintura e golpes que castigaram o australiano.

Já no terceiro round, Gane estava mais atento e com sede de vitória. Embalado pela torcida francesa, o peso-pesado colocou golpes limpos em Tuivasa, que já não respondia com eficiência e virou alvo fácil. Após uma sequência de golpes, sendo um ilegal na nunca, o ex-campeão interino saiu com a vitória por nocaute técnico. Cyril volta a vencer após perder para o campeão Francis Ngannou, enquanto o australiano tem uma série de cinco vitórias encerrada.

Whittaker domina e vence no UFC Paris

O primeiro round começou acelerado, mas rapidamente os dois lutadores buscaram um tom mais de estudo. Marvin Vettori tinha controle do octógono, enquanto Robert Whittaker mantinha uma distância segura. Já no segundo assalto, a história mudou. O ex-campeão dos médios tomou as rédeas da luta, passou a alternar entre chutes e golpes no corpo e foi anulando o jogo do italiano.

Para o terceiro e decisivo assalto, Vettori seguiu sem respostas para os ataques de Whittaker. O ex-campeão se manteve agressivo, aplicando os golpes mais contundentes e confirmou a vitória por decisão unânime dos jurados. Após perder para o Israel Adesanya, atual dono do título da divisão, Whittaker volta a triunfar. Já o italiano conhece novo revés.

Gabriel Fly é nocauteado por francês

Único brasileiro em ação no show do UFC Paris, Gabriel Fly teve um início animador no combate. O brasileiro buscou bastante a trocação e também tentou usar o seu afiado Jiu-Jitsu. No entanto, o perigoso Benoit Saint-Denis começou a controlar o combate já na metade do primeiro assalto. Nos instantes finais do round, chegou a acelerar e quase nocauteou. Na volta para o segundo assalto, o francês aplicou uma sequência de golpes com o brasileiro encurralado na grade até o árbitro Jason Herzog encerrar e decretar o nocaute técnico.

Após perder para Elizeu Capoeira, Saint-Denis chega ao segundo triunfo seguido no peso-leve. Já Gabriel estreia com revés na organização.

CONFIRA OS RESULTADOS:

UFC Paris

Paris, na França

Sábado, 03 de setembro de 2022

Card principal

Cyril Gane derrotou Tai Tuivasa por nocaute técnico no 3R

Robert Whittaker derrotou Marvin Vettori por decisão unânime dos jurados

Nassourdine Imavov derrotou Joaquin Buckley por decisão unânime dos jurados

Roman Kopylov derrotou Alessio di Chirico por nocaute técnico no 3R

Nasrat Haqparast derrotou John Makdessi por decisão unânime dos jurados

William Gomis derrotou Jarno Errens por decisão majoritária dos jurados

Nathaniel Wood derrotou Charles Jourdain por decisão unânime dos jurados

Card preliminar

Abusupiyan Magomedov derrotou Dustin Stoltzfus por nocaute técnico no 1R

Nasrat Haqparast derrotou John Makdessi por decisão unânime dos jurados

Fares Ziam derrotou Michal Figlak por decisão unânime dos jurados

Benoit St. Denis derrotou Gabriel "Fly" Miranda por nocaute técnico no 2R

Cristian Quiñonez derrotou Khalid Taha por nocaute técnico no 1R

Stephanie Egger finalizou Ailin Perez com um mata-leão no 2R


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar