Carregando...

Jump Force: Bandai Namco desiste de jogo de luta e detalha mudanças para 2022

A Bandai Namco anunciou que vai encerrar o suporte a JumpForce. Isso significa que o game deixará de ser vendido em suas edições digitais e será removido das lojas online do PlayStation, Xbox, Nintendo Switch e PC. Além disso, mais tarde, o jogo também perderá o modo multiplayer e qualquer conteúdo online, incluindo DLC.

Jump Force chega ao fim em 2022
Jump Force chega ao fim em 2022
Foto: Divulgação/Bandai Namco / Tecnoblog

De acordo com a Bandai Namco, as vendas online do game encerrarão em 7 de fevereiro. Isso inclui não apenas a versão original do jogo mas também sua versão Deluxe, repleta de extras, e os dois pacotes de personagens adicionais que já foram lançados. Nenhum outro pacote está previsto para chegar ao game, obviamente.

  • Black Friday: acessórios e periféricos essenciais pro setup!
  • Crítica: A emoção domina o Ato I de Arcane, animação de LoL!
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Já em 24 de agosto do ano que vem os jogadores não poderão mais acessar qualquer modo online, incluindo batalhas multiplayer, funções de clã, loja premium, placar de líderes, avisos online, entre outros.

O fim de Jump Force?

Vale sempre lembrar: isso não significa que o jogo deixará de funcionar. Quem já comprou pode baixar quantas vezes quiser e continuar aproveitando, o mesmo vale para cópias físicas existentes e já adquiridas. Se o game estiver em serviços como Game Pass e PS Now, porém, o download não será mais possível.

O único grande impacto é a impossibilidade de jogar multiplayer online, mas ainda será possível aproveitar o multiplayer local, com outro jogador em um segundo controle, usando todo o conteúdo atualmente disponível no game.

A Bandai Namco não deu um motivo oficial para o fim do game, mas é possível imaginar algumas coisas, a começar pela recepção de crítica, que não foi muito boa, o que pode ter impactado em vendas baixas.

Além disso, um game como JumpForce envolve personagens de diversos animes distintos, o que por sua vez traz complicações de licenciamentos diferenciados, o que pode ter limitado a vida útil do jogo.

Com informações: Bandai Namco.

Jump Force: Bandai Namco desiste de jogo de luta e detalha mudanças para 2022


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*