Carregando...

Dois advogados são detidos suspeitos de tentar entregar celulares para presos no presídio de Aparecida de Goiânia

Dois advogados foram presos ao tentar entrar com celulares em presídio de Aparecida de Goiânia— Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Dois advogados foram presos ao tentar entrar com celulares em presídio de Aparecida de Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Dois advogados, que não tiveram as identidades reveladas, foram detidos suspeitos de tentar entregar celulares para presos no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. De acordo com a Diretoria Geral de Administração Penitenciária, os aparelhos estavam escondidos dentro de uma televisão.

Como os nomes dos suspeitos não foram divulgados, o G1 não conseguiu localizar a defesa deles para que se posicionassem até a última atualização desta reportagem.

Os suspeitos foram detidos por agentes penais na tarde de terça-feira (31) e encaminhados à Central de Flagrantes da cidade. Foram apreendidos com eles três celulares, seis chips telefônicos, dois carregadores e a televisão onde os aparelhos estavam escondidos.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Goiás (OAB-GO) informou que foi notificada e que acompanha o caso por meio de um representante da Comissão de Direitos e Prerrogativas (CDP). A ordem não informou sobre as circunstâncias da ocorrência.

O G1 tentou contato com a Central de Flagrantes de Aparecida de Goiânia para saber os procedimentos adotados pela corporação e se os suspeitos seguiam presos até as 22h de terça-feira, mas as nossas ligações não foram atendidas.

Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, em Goiás — Foto: Jonh William/TV Anhaguera

Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, em Goiás — Foto: Jonh William/TV Anhaguera

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

VÍDEOS: últimas notícias de Goiás

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*