Carregando...

Motorista de aplicativo denuncia que passageiro alegou não ter dinheiro para pagar corrida e o agrediu, em Valparaíso de Goiás

Motorista de app denuncia passageiro de agressão após se recusar a pagar a corrida

Motorista de app denuncia passageiro de agressão após se recusar a pagar a corrida

Um motorista de aplicativo de 64 anos denunciou à Polícia Civil que foi agredido por um passageiro que alegou não ter R$ 25 para pagar uma viagem de 8km, que começou em Cidade Ocidental e terminou em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

O idoso explicou que aceitou a corrida já no fim do dia, no domingo (29). Entraram um homem e duas mulheres no carro. Ao chegarem no destino final, em Valparaíso, os três desceram do veículo e alegaram não ter dinheiro para fazer o pagamento e que, se ele quisesse receber a quantia, deveria chamar a polícia.

O motorista relata que teve ferimentos por todo o corpo por causa da briga, quebrou o punho ao cair de mal jeito no chão e levou até uma mordida no peito.

Segundo a Polícia Civil, que investiga o caso, o suspeito fugiu e ainda não foi localizado. Por isso, o G1 não o localizou para se manifestar.

A Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, disse que a briga foi separada por crianças que estavam na rua. A família do idoso contou que ele é aposentado, mas trabalha como motorista de aplicativo para complementar a renda.

Motorista de aplicativo mostra ferimentos após briga com passageiro que se recusou a pagar corrida em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Motorista de aplicativo mostra ferimentos após briga com passageiro que se recusou a pagar corrida em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Briga

Segundo o boletim de ocorrência, o motorista e o homem conversaram por cerca de 15 minutos sobre como receberia o dinheiro e decidiram então voltar à Cidade Ocidental, onde começou a corrida, para receber o pagamento na casa do suspeito.

O homem entrou na residência dizendo que buscaria o valor, porém, voltou alegando que a carteira tinha ficado no carro. Segundo a ocorrência, o suspeito disse que havia cerca de R$ 600 guardados e que o idoso teria escondido a carteira.

Idoso motorista de app diz que quebrou o punho durante briga com suspeito de não pagar corrida em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Idoso motorista de app diz que quebrou o punho durante briga com suspeito de não pagar corrida em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Diante da situação, o motorista ficou com medo e usou o celular para pedir ajuda a um parente, mas o homem jogou o aparelho dele no chão. Começaram então a ter uma luta corporal.

Crianças que estavam na rua conseguiram separar a briga e o homem fugiu. O motorista aproveitou o momento para ir embora.

Veja outras notícias da região em G1 Goiás.

Motorista de aplicativo mostra mordida feita por suspeito que não quis pagar a corrida em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Motorista de aplicativo mostra mordida feita por suspeito que não quis pagar a corrida em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

VÍDEOS: notícias de Goiás

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar