Carregando...

Produtores denunciam ataque de moscas a vacas em fazendas de Mineiros e Perolândia

Pecuaristas reclamam de ataques de moscas em gados que prejudica produção de leite

Pecuaristas reclamam de ataques de moscas em gados que prejudica produção de leite

Produtores rurais de Mineiros e Perolândia, ambas no sudoeste de Goiás, gravaram vídeos mostrando o gado que criam se debatendo por causa da grande quantidade de moscas-dos-estábulos sobre eles. Segundo os fazendeiros, os insetos estão atacando as vacas e prejudicando todo o rebanho (assista acima).

Os produtores acreditam que os insetos estão sendo atraídos por resíduos de uma indústria que trabalha com cana-de-açúcar na região e pedem que a empresa se responsabilize e adote as medidas necessárias para se livrar das moscas.

A usina Atvos informou à TV Anhanguera que adota todas as medidas técnicas de controle de moscas. A empresa também garantiu que faz visitas periódicas a parceiros e fornecedores para monitorar a eficácia dessas ações (leia nota na íntegra ao fim do texto).

A produtora rural Talyta Vilela Costa é uma das que reclama da grande quantidade de moscas na região. Segundo ela, o gado tem sofrido muito com a presença dos insetos.

“Essa mosca se alimenta de sangue. Como vocês podem ver atrás de mim, os animais formam círculos e ficam se debatendo o dia todo. Eles não pastam, se escondem nas matas para amenizar o ataque das moscas”, contou.

Gado sendo atacado por moscas em fazendas de Mineiros e Perolândia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Gado sendo atacado por moscas em fazendas de Mineiros e Perolândia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O biólogo Edson Abrão explicou o que acontece com o gado quando é atacado pelas moscas. De acordo come ele, os insetos se alimentam de qualquer material orgânico e acabam ferindo as vacas e fazendo com que elas adoeçam.

“Ela se alimenta de sangue também. Uma picada de inseto ou carrapato no gado, ela machuca e começa a sugar aquele sangue e depositar ovos, é onde nasce o berne. [...] A deposição de ovos, deixa o gado irritado, dolorido, pode dar febre, infecção”, detalhou.

Além de causar mal-estar e desconforto aos animais, a presença massiva dos insetos pode gerar prejuízos para os produtores, causando diminuição na produção de leite ou perda de peso dos animais criados para corte.

NOTA ATVOS

A empresa adota medidas mitigatórias para prevenção e controle das moscas-dos-estábulos, a partir de estudos e pesquisas técnicas respaldados por consultores e empresas especializadas no assunto.

Dentre as ações implementadas para garantir um manejo sustentável, destacam-se o uso de armadilhas para o monitoramento populacional e outras medidas para controle do inseto.

A companhia ainda atua de forma presente em áreas de parceiros e fornecedores com visitas periódicas para acompanhar o andamento e a efetividade das ações adotadas para o combate às moscas-dos-estábulos.

Moscas atacam gado em fazendas de Mineiros e Perolândia Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Moscas atacam gado em fazendas de Mineiros e Perolândia Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

LEIA TAMBÉM

  • Moradores de Inhumas reclamam de transtornos causados por mosquitos
  • VÍDEO: Milhares de abelhas invadem casa e tomam armário sob pia em Aparecida de Goiânia

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

VÍDEOS: saiba o que acontece em Goiás

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*