Carregando...

Urso Robinho ganha picolé gigante de 1 kg com frutas para aliviar o calor de Goiânia

Urso Robinho come picolé gigante de 1 kg no Zoológico de Goiânia — Foto: Reprodução/Paulo José/Agetul

Urso Robinho come picolé gigante de 1 kg no Zoológico de Goiânia — Foto: Reprodução/Paulo José/Agetul

O urso Robinho, que mora no Zoológico de Goiânia, ganhou vários picolés gigantes de 1 kg com frutas, na terça-feira (14), para aliviar o calor de Goiânia. Os veterinários também preparam os picolés de frutas e carne para os 479 animais e 120 espécies que vivem no local.

O urso também ganhou de lanche uma melancia inteira recheada com mais frutas, todas decoradas em formatos de estrelas e corações e até em rosto do prório urso.

Robinho possui um ambiente próprio de 650 m² e tem ao seu dispor uma piscina de 18 mil litros de água, uma cascata e ar condicionado.

Urso Robinho ganha gelado e tem até ar-condicionado no Zoológico de Goiânia

Urso Robinho ganha gelado e tem até ar-condicionado no Zoológico de Goiânia

A administração ressalta que os picolés são um complemento na alimentação diária dos bichos e há tipos específicos para cada espécie, que são dados algumas vezes ao dia.

De acordo Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), a capital pode registrar temperaturas máximas de até 36ºC nesta quarta-feira (15).

Mas a umidade relativa do ar também é um alerta para a população, segundo o órgão, que tem ficado em torno de 12%.

LEIA TAMBÉM

  • Justiça decide manter urso Robinho no Zoológico de Goiânia
  • Zoológico de Goiânia amplia espaço para o urso Robinho

Urso Robinho ganha melancia recheada de frutas cortadas em formatos de desenhos, em Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Urso Robinho ganha melancia recheada de frutas cortadas em formatos de desenhos, em Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Perigos do tempo seco

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta por conta da baixa umidade relativa do ar em todo o estado. De acordo com o órgão, pode ficar abaixo de 12% em algumas regiões. “É uma situação crítica em termos de umidade relativa baixa”, pontuou a chefe regional do instituto, Elizabeth Alves.

Segundo o instituto, a baixa umidade pode ocasionar risco de incêndios florestais e também à saúde, como ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz. O Inmet divulgou dicas de como como amenizar os reflexos do tempo seco, são elas:

  • Beba bastante líquido;
  • Atividades físicas não são recomendadas;
  • Evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia;
  • Use hidratante para pele e umidifique o ambiente.

Veja outras notícias da região em G1 Goiás.

Robinho se refresca do calor de 37ºC em piscina com cascata e até ar condicionado, em Goiânia — Foto: Reprodução/Paulo José

Robinho se refresca do calor de 37ºC em piscina com cascata e até ar condicionado, em Goiânia — Foto: Reprodução/Paulo José

VÍDEOS: resgate de animais em Goiás

51 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*