Carregando...

Operação apreende mais de 30 armas e prende armeiro ilegal em Caiapônia

Polícia Federal prende armeiro ilegal em Caiapônia

Polícia Federal prende armeiro ilegal em Caiapônia

A Polícia Federal apreendeu 33 armas numa oficina de um armeiro ilegal, no sábado (11), em Caiapônia, no sudoeste de Goiás. Até uma mira a laser foi encontrada no local que, segundo a investigação, fazia manutenção irregular de armas de fogo.

  • Compartilhe no WhatsApp
  • Compartilhe no Telegram

O nome do armeiro não foi divulgado. Por isso, o g1 não localizou a defesa para se manifestar até a última atualização desta reportagem.

O inquérito policial começou após a Polícia Federal receber denúncia de moradores sobre o funcionamento da oficina de reparos, serviços, customizações e restaurações de armas sem autorização legal.

LEIA TAMBÉM

  • Polícia apreende quatro armas na casa de morador filmado chamando porteira de macaca, em Goiânia
  • Polícia prende homem suspeito de guardar armas que podem ter sido usadas em 50 homicídios, em Goiás
  • Graer apreende munição antiaérea e armas de uso restrito em condomínio, em Goiânia

Na casa do investigado, foram apreendidas diversas armas de fogo e munições de variados calibres, segundo a polícia, bem como peças para manutenção, adulteração e fabricação de tais produtos.

Polícia Federal apreende 33 armas com armeiro ilegal em Caiapônia, Goiás — Foto: Reprodução/Polícia Federal

Polícia Federal apreende 33 armas com armeiro ilegal em Caiapônia, Goiás — Foto: Reprodução/Polícia Federal

Armas apreendidas:

  • Espingardas: 8
  • Rifles: 14
  • Revólveres: 6
  • Pistolas: 3
  • Garruchas: 2

Segundo a Polícia Federal, a investigação visa agora descobrir quem são os donos das armas.

De acordo com a corporação, o homem pode ser condenado até 12 anos de prisão. A atividade regular de armeiro depende de autorização da Polícia Federal e a manutenção de armas nesse tipo de estabelecimento é crime.

Veja outras notícias da região no g1 Goiás.

VÍDEOS: últimas notícias de Goiás

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*