Carregando...

Mãe confessa que estuprou filho junto com o próprio pai por ter desejo sexual pela criança, diz delegado

Avô e mãe são presos suspeitos de estuprar criança — Foto: Divulgação/PCGO

Avô e mãe são presos suspeitos de estuprar criança — Foto: Divulgação/PCGO

A mãe de um menino de 2 anos confessou à polícia que estuprou o filho junto com o próprio pai porque tinha desejos sexuais pela criança, em Padre Bernardo, no Entorno do Distrito Federal. Segundo o delegado Kristian Felipe da Rosa, o cunhado dela também foi preso por suspeita de deixá-la abusar das próprias sobrinhas.

  • Compartilhe no WhatsApp
  • Compartilhe no Telegram

A prisão da mulher, de 32 anos, e do pai dela, de 63, aconteceu na terça-feira (6), já a prisão do cunhado, na quarta-feira (7). As identidades dos presos não foram divulgadas, por isso, o g1 não conseguiu localizar a defesa deles para que se posicionassem.

“Ela disse que não enxerga o pai em um aspecto materno. Disse que na sexta-feira (2), além deos dois terem relação sexual, também abusaram da criança. A princípio, ela também praticou atos libidinosos contra as sobrinhas”, contou o delegado.

Segundo a Polícia Civil, a denúncia chegou depois que uma pessoa procurou a delegacia ao ver a criança triste durante uma congregação. Essa pessoa procurou a mãe da criança, que acabou ‘desabafando’ sobre o crime.

LEIA TAMBÉM

  • Motorista escolar é preso suspeito de estuprar criança de 3 anos após buscá-la em colégio
  • Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada após criança denunciar caso para professora
  • Homem é preso suspeito de estuprar criança após menina entregar desenho para professora relatando abuso

“A pessoa relatou que a criança estava apática, a investigada se abriu com ela e relatou todos os fatos. Não havia mais flagrante, mas pedimos a preventiva”, disse o delegado.

Sobre a prisão do cunhado, a polícia investiga os possíveis estupros contra duas meninas. O delegado ressaltou que a mãe das crianças não sabia que a tia poderia ter abusado das filhas.

Ainda de acordo com a PC, os detidos foram encaminhados para o presídio da cidade e permanecem presos até a manhã desta quinta-feira (8). Já o menino foi entregue aos cuidados de outros parentes. O caso segue em investigação.

Veja outras notícias da região no g1 Goiás.

VÍDEOS: últimas notícias de Goiás

50 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*