Carregando...

Confronto entre traficantes rivais no México gera caos em resort turístico

Os trabalhadores e hóspedes de um hotel no México, considerado popular entre os turistas norte-americanos, viveram momentos de caos nesta quinta-feira (4), em meio a relatos de tiros nas proximidades.

De acordo com as autoridades locais, um confronto entre traficantes de drogas culminou em duas mortes em uma praia próxima ao hotel, na região de Cancún.

“Houve um confronto entre membros de grupos de traficantes de drogas em uma praia da Bahía Petempich, Puerto Morelos. Dois deles perderam a vida no local”, tuitou a promotoria estadual de Quintana Roo.

Nenhum outro ferimento sério foi relatado. Em um tuíte da secretaria estadual de segurança pública, informou que “não há turistas gravemente feridos ou sequestrados”.

Puerto Morelos é uma área turística popular na costa leste do México, cerca de 25 quilômetros ao sul de Cancún.

Vários hóspedes do Hyatt Ziva Riviera Cancun disseram à CNN que foram instruídos a se abrigar no local por medo de uma ameaça ao hotel.

Um dos hóspedes disse ter ouvido vários tiros enquanto estavam na área da piscina e os funcionários os levaram rapidamente para um esconderijo. “Eu estava na piscina quando vários tiros sucessivos ocorreram. Isso continuou por um tempo e todos se esconderam”, disse o convidado.

“Nós cuidamos das entradas para o porão e recebemos barras de metal, até mesmo uma pia de banheiro de pedestal, para nos defendermos”, disse hóspede. A empresa hoteleira Hyatt disse que a equipe local está colaborando com a investigação sobre o tiroteio.

Uma das piscinas do hotel Hyatt Ziva Riviera Cancun; uma troca de tiros entre traficantes aconteceu nas proximidades do hotel
Uma das piscinas do hotel Hyatt Ziva Riviera Cancun; uma troca de tiros entre traficantes aconteceu nas proximidades do hotel / Foto: Hyatt Ziva Riviera Cancun

“A segurança e o bem-estar dos hóspedes e colegas são sempre uma prioridade. Estamos cientes da evolução da situação no Hyatt Ziva Riviera Cancun. Entendemos que a equipe do hotel imediatamente envolveu as autoridades locais que estão no local investigando a situação”, disse um porta-voz do Hyatt em um comunicado.

A embaixada dos Estados Unidos na Cidade do México também “está ciente dos relatos e o consulado em Mérida está investigando o incidente”, disse um porta-voz à CNN.

(Este texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui)


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*