Carregando...

Américas têm pico de casos de Covid; Rússia e Ucrânia chegam a 'beco sem saída'

A disseminação da Covid-19 nas Américas, impulsionada pela variante Ômicron, atingiu níveis de transmissão nunca antes vistos durante a pandemia. O número de casos por semana dobrou para 6,1 milhões, segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Os Estados Unidos respondem pela maior parte dos novos casos, sobretudo nos estados da costa leste e no centro-oeste. Argentina e Paraguai registraram aumentos de 300% no número de casos novos na última semana. Brasil, Bolívia, Equador e Peru também estão enfrentando aumentos significativos de novas infecções.

Neste episódio do CNN Mundo, Lourival Sant’Anna apresenta um balanço das preocupações internacionais com a nova fase da pandemia. A Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que mais da metade dos europeus será infectada com a variante Ômicron do coronavírus dentro do período das próximas seis a oito semanas.

Outro destaque do podcast nesta semana é a tensão entre Rússia e Ucrânia. Depois de uma semana de reuniões com norte-americanos e europeus, o governo russo disse que as negociações sobre a situação na fronteira com o país vizinho chegaram a um beco sem saída e não há mais o que conversar. O chanceler polonês, Zbigniew Rau, abriu uma reunião da Organização de Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) dizendo que o risco de guerra na região é o maior nos últimos 30 anos – ou seja, desde o fim da União Soviética.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

E Tem Mais

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

CNN Mundo

Alma do Negócio

Entre Vozes

5 Fatos

Na Palma da Mari

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

CNN Mundo, apresentado por Lourival Sant’Anna, tem novos episódios toda sexta-feira / CNN Brasil / CNN Brasil

(* Publicado por Diego Toledo)


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*