Carregando...

Terremoto de magnitude 6,1 no Afeganistão deixa mais de 250 mortos e dezenas de feridos - Notícias - R7 Internacional

Mais de 250 pessoas morreram e centenas ficaram feridas após um terremoto de magnitude 5,9 atingir o sudeste do Afeganistão nesta quarta-feira (22), segundo autoridades afegãs.

"O número de vítimas do terremoto nas províncias de Paktika e Khost é de 255 mortos e 500 feridos", publicou o porta-voz do governo, Mohammad Naeem, no Twitter. "Várias casas foram danificadas e as pessoas ficaram presas", acrescentou.

O terremoto de magnitude 5,9 ocorreu a uma profundidade de 10 km, por volta das 01h30 de quarta-feira perto da fronteira com o Paquistão, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Um segundo terremoto de magnitude 4,5 sacudiu quase o mesmo lugar ao mesmo tempo, de acordo com o USGS. De acordo com Yaqub Manzor, um oficial tribal de Paktika, muitos dos feridos vieram do distrito de Giyan e foram transportados por ambulâncias e helicópteros.

"Os mercados locais estão fechados e as pessoas correram (para ajudar) às áreas afetadas", disse ele à AFP por telefone.

Fotos de casas desmoronadas nas ruas de cidades rurais são vistas nas redes sociais. Nos vídeos, moradores das áreas afetadas são vistos transportando os feridos para um helicóptero.

Os terremotos foram sentidos em várias províncias da região, e também na capital, Cabul, localizada cerca de 200 km ao norte do epicentro do terremoto.

O Afeganistão sofre frequentemente com terremotos, especialmente no maciço de Hindu Kush, que abrange o Afeganistão e o Paquistão, que está localizado na junção das placas tectônicas da Eurásia e da Índia.

Essas catástrofes podem ser especialmente devastadoras devido à fraca resistência das casas rurais afegãs. Em outubro de 2015, um poderoso terremoto de magnitude 7,5 sacudiu as montanhas Hindu Kush, causando um total de mais de 380 mortes nos dois países.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*