Carregando...

Lei que pune pessoas que se recusam a tomar vacina contra Covid por causa da marca passa a valer em Piraju

Frascos das vacinas Pfizer, CoronaVac, AstraZeneca e Janssen, aplicadas em Porto Alegre — Foto: Cristine Rochol/PMPA/Divulgação

Frascos das vacinas Pfizer, CoronaVac, AstraZeneca e Janssen, aplicadas em Porto Alegre — Foto: Cristine Rochol/PMPA/Divulgação

A lei que proíbe os moradores de recusarem a vacina contra a Covid-19 por causa da marca em Piraju (SP) foi aprovada pelo prefeito José Maria Costa (DEM) e já está em vigor.

Com isso, os chamados “sommeliers de vacina" da cidade só poderão receber a primeira dose após a imunização dos demais grupos.

Oprojeto de lei foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores, que ainda inseriu uma emenda no projeto que, se o morador não assinar o "termo de recusa", dois servidores da saúde têm autonomia para registrar o fato, anexando a informação no cadastro da pessoa.

Desta forma, o morador que recusou a dose fica impedido de ser imunizado em outros locais de vacinação até a finalização do cronograma previsto.

Após a aprovação na Câmara, o projeto foi sancionado pelo prefeito de Piraju e, na manhã desta quinta-feira (29), a prefeitura divulgou, por meio do Diário Oficial, as diretrizes da lei.

Veja mais notícias no G1 Itapetininga e Região

VÍDEO: assista às reportagens da TV TEM

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar