Carregando...

KLM conclui negociação salarial para tripulação de cabine - Prisma - R7 Luiz Fara Monteiro

A KLM e a Associação Holandesa de Pilotos de Linha Aérea (VNV) chegaram a um acordo de princípio sobre um novo acordo coletivo de trabalho (CLA), com vigência de 1º de março de 2022 a 1º de março de 2023, para pilotos cobertos pelo CLA para a tripulação de cockpit.

A companhia se diz satisfeita com o resultado. Isso garantirá calma e estabilidade para o próximo ano e reflete as circunstâncias atuais da empresa. A KLM e a VNV agora finalizarão os textos do protocolo, que a VNV apresentará ao conselho de seus membros para aprovação.

A KLM garantiu que o novo CLA leva em consideração a evolução dos preços na Holanda. Foi acordada uma cláusula salarial especificando um aumento de 2% a partir de 1 de outubro de 2022 e mais 2% a partir de 1 de março de 2023. Isso reflete os acordos recentemente alcançados com os sindicatos que representam o pessoal de terra.

Também chegamos a um acordo com a VNV sobre produtividade e flexibilidade no próximo período.

O acordo de transporte internacional existente para pilotos foi descontinuado. Pilotos que moram fora da Holanda agora pagarão seus voos no trajeto para o trabalho.

Os funcionários receberão um pagamento único quando a aérea não tiver mais uma linha de crédito com garantias governamentais. Este pagamento reconhece o esforço conjunto feito pela equipe da KLM diante dos desafios recentes.

Apesar da recuperação bem-sucedida da KLM, o futuro permanece incerto devido a fatores como inflação alta, custos crescentes, incertezas em torno do coronavírus e escassez no mercado de trabalho. A companhia deve, portanto, continuar a cortar custos estruturalmente. As partes negociadoras concordaram em voltar à mesa se a situação assim o exigir no próximo período.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*