Carregando...

MA tem cerca de 55 desaparecidos por mês, diz Anuário Brasileiro de Segurança Pública

Maranhão tem cerca de 55 desaparecidos por mês

Maranhão tem cerca de 55 desaparecidos por mês

Aproximadamente 55 pessoas desaparecem todo mês no Maranhão, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública no Maranhão 671 pessoas desapareceram em 2020. 128 a menos que no ano de 2019. Mesmo assim, em média, 55 pessoas desaparecem por mês no Maranhão.

A expansão das tecnologias tem sido uma grande aliada nas buscas por quem some, mas ainda há casos bem difíceis de terem desfecho. Como é o caso Moisaniel Frazão e Gilberto Silva, que saíram da cidade de Matões do Norte com destino a São Luís, e foram vistos pela última vez na metade do caminho.

Eles, que estão desaparecidos desde o último dia 18 de agosto, saíram de casa, em Matões do Norte, a 138 km da capital, em um veículo vermelho, que foi visto pela última vez às 10h da manhã do mesmo dia, em uma rua de Itapecuru Mirim, a 108 km de São Luís.

A esposa de Moisaniel, Mykaelly Frazão, busca pistas que levem ao paradeiro do marido. “A última coisa que sabemos é que ele foi visto em uma lanchonete no povoado Entroncamento, de Itapecuru Mirim, onde ele iria se encontrar com seu Gilberto pra juntos irem para São Luís. Desde então não temos nenhuma notícia. Encontramos algumas imagens que consta que o veículo, uma picape strada vermelha, que ele se encontrava passou por dentro do centro de Itapecuru Mirim”, contou.

MARANHÃO tem cerca de 55 desaparecidos por mês, diz Anuário Brasileiro de Segurança Pública — Foto: Reprodução/TV Mirante

MARANHÃO tem cerca de 55 desaparecidos por mês, diz Anuário Brasileiro de Segurança Pública — Foto: Reprodução/TV Mirante

Gilberto Silva, que estava com Moisaniel Frazão, é marido da dona de casa Samara Gleice Matos. Ela revela que a situação na casa do casal já está insustentável. “Eu queria saber onde que ele tava também porque está sendo muito difícil. Eu nunca passei por uma coisa desse jeito”.

No site da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) existe uma galeria com dez pessoas desaparecidas com um, dois e até cinco anos. Segundo o delegado de polícia, Felipe Cesar, é importante acionar as autoridades polícias o quanto antes. “Todas as delegacias podem ser registradas os boletins de ocorrência em relação aos casos de desaparecidos. A autoridade policial ela vai analisar o caso em si, os detalhes, verificar nos bancos de dados as possibilidades que possam ter acontecido com essa pessoa desaparecida, verificar realmente se ela se encontra desaparecida ou se essa pessoa simplesmente quis sair de casa por algum motivo particular. Então a gente faz toda essa triagem”.

O promotor de Justiçam Marcio Thadeu Marques ressalta que o trabalho da Secretaria de Segurança Pública tem sido mais intensificado desde 2019, quando um portaria que trata sobre o assunto foi criada. “É preciso que se diga que desde 2019, pela Portaria 106, a Secretaria de Segurança Pública disciplina as diretrizes pra busca e localização de pessoas desaparecidas. É algo muito importante porque estabelece procedimento e a forma de um controle externo dessa atividade exercida pela Polícia Civil mesmo quando não há indício de crime e da obrigatoriedade dessa localização sem que se tenha esperar por qualquer prazo entre o desaparecimento e o registro da ocorrência”, finalizou.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*