Carregando...

Bumba meu boi de orquestra: O caçula dos sotaques que encanta e se reinventa

Bois de orquestra têm brilho e mistura de sons e cores — Foto: Centro Cultural da Vale

Bois de orquestra têm brilho e mistura de sons e cores — Foto: Centro Cultural da Vale

Caçula dos sotaques e misturando sons de diversos instrumentos à raiz da brincadeira de bumba meu boi, aos poucos o sotaque de orquestra foi conquistando adeptos e se tornando um dos mais apreciados por maranhenses e turistas.

É o sotaque com maior crescimento numérico durante os últimos anos e mais difundido entre os municípios do Maranhão. Dentre os principais grupos de bois de orquestra, estão o Boi de Nina Rodrigues, Boi de Axixá, Boi de Morros, Boi Brilho da Ilha, Boi Novilho Branco, Boi Upaon-Açu, Boi de Sonhos, Boi de São Simão, dentre outros.

Veja também:

  • Bumba meu boi de costa de mão: História, grupos e tradição no Maranhão
  • Sotaque de Zabumba: Ancestralidade e resistência no bumba meu boi do MA

Em um levantamento preliminar feito pela pesquisadora da Comissão Maranhense de Folclore, Lilian Brito, foram localizados pelo menos um grupo, entre ativos e inativos, de sotaque de orquestra em aproximadamente em 56 das 217 cidades do Maranhão, dentre as quais é possível citar:

  • Alto Alegre do Pindaré
  • Apicum Açu
  • Araioses
  • Arari
  • Axixá
  • Bacabeira
  • Balsas
  • Barreirinhas
  • Bequimão
  • Cachoeira Grande
  • Cajapió
  • Caxias
  • Central do Maranhão
  • Chapadinha
  • Codó
  • Coroatá
  • Cururupu
  • Governador Edison Lobão
  • Grajaú
  • Guimarães
  • Humberto de Campos
  • Icatu
  • Imperatriz
  • Itapecuru Mirim
  • Matões do Norte
  • Miranda do Norte
  • Mirinzal
  • Morros
  • Nina Rodrigues
  • Nova Olinda do Maranhão
  • Paço do Lumiar
  • Palmeirândia
  • Paulino Neves
  • Penalva
  • Peri Mirim
  • Pindaré Mirim
  • Pinheiro
  • Presidente Juscelino
  • Primeira Cruz
  • Raposa
  • Rosário
  • Santa Helena
  • Santa Rita
  • Santo Amaro
  • São Benedito do Rio Preto
  • São Bento
  • São José de Ribamar
  • São Luís
  • Sucupira do Norte
  • Timon
  • Turilândia
  • Tutóia
  • Urbano Santos
  • Vargem Grande
  • Viana
  • Vitória do Mearim

História

Boi de Axixá é um dos principais bois de orquestra do Maranhão — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Luís

Boi de Axixá é um dos principais bois de orquestra do Maranhão — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Luís

Contam os pesquisadores que o ritmo de orquestra nasceu na região do Munin, mais especificamente nos municípios de Rosário e Axixá, entre as décadas de 50 e 60 .

Segundo a professora e pesquisadora Lady Selma Ferreira Albernaz, a origem desses grupos é curiosa e marcada pela casualidade por volta dos anos de 1920 e 1930, quando orquestra do bordel da cidade de Rosário saiu pelas ruas tocando seus instrumentos.

Em certa apresentação dessa orquestra, durante a noite, o grupo encontrou, por acaso, com um Boi de Zabumba e aí começaram a tocar juntos. O resultado foi tão satisfatório que gerou uma nova festa e um novo estilo de brincar bumba meu boi.

Bom Dia Mirante recebe parte dos brincantes do Boi de Axixá, sotaque de orquestra

Bom Dia Mirante recebe parte dos brincantes do Boi de Axixá, sotaque de orquestra

No dossiê de registro do bumba meu boi como Patrimônio Cultural do Brasil, Manoel de Jesus Desterro (do bumba meu boi de Peri de Cima e mais conhecido como Manoel Tetéu) deu mais informações sobre a origem do sotaque de orquestra.

Para ele, em primeiro lugar, os instrumentos de sopro - presentes somente no sotaque de orquestra - não são os principais na musicalidade do boi. Na verdade, a base rítmica desse estilo de bumba meu boi é feita pelo bumbo, pelo tambor-onça e pelo banjo.

Se os instrumentos de sopro não são os principais instrumentos na orquestra, isso comprova, de certo modo, a hipótese do boi de orquestra ter sido originado de outro estilo, provavelmente de base percussiva, tendo a orquestra sido inserida com a função de realçar o sotaque.

Outras características

Veja a beleza do Boi Bonito de Matões do Norte sotaque de orquestra

Veja a beleza do Boi Bonito de Matões do Norte sotaque de orquestra

Já no que diz respeito ao ritmo das músicas, chama a atenção a base constituída pelo bumbo, pelo tambor onça, pelo banjo e o maracá, acompanhado por instrumentos de sopro como saxofone, trompete, trombone.

No entanto, para Lilian Brito, existem variações conforme cada grupo, o que torna possível a presença do violão, cavaquinho, clarinete, flauta, tamborim e até a sanfona, no qual alguns pesquisadores dizem que o som produzido é semelhante ao do xote.

"Atualmente, principalmente na Ilha de São Luís, alguns grupos tem inserido outros instrumentos na composição de sua orquestra como o baixo, contrabaixo, guitarra, teclado, agogô, conga, ganzá, cowbell, roca e até mesmo a bateria", explica Lílian.

Bois com sotaque de orquestras são queridos no Maranhão — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Luís

Bois com sotaque de orquestras são queridos no Maranhão — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Luís

Na apresentação, é comum os grupos desse estilo se apresentarem em formato semicircular com o boi no centro. No entanto, mais recentemente, grupos como o Boi de Axixá têm prefeito a formação em em fileiras, com um ou mais bois dançando em torno dos brincantes.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*