Carregando...

Motorista de aplicativo é agredida por exigir o uso de máscara a passageira, em MS

A Deam fica lotada na Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande — Foto: Sejusp-MS/Divulgação

A Deam fica lotada na Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande — Foto: Sejusp-MS/Divulgação

Uma motorista por aplicativo, de 37 anos, disse ter sido agredida por uma passageira ao pedir para que ela utiliza-se a máscara de proteção, durante o trajeto, na madrugada deste domingo (6). O depoimento da vítima foi registrado na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), em Campo Grande.

No Boletim Ocorrência (BO), a vítima disse que a passageira entrou no carro com uma criança e apresentava estar alcoolizada. A motorista destacou à polícia, que durante a viagem, a cliente retirou a máscara e disse que não iria usar "aquela merda".

Quando os insultos começaram, a motorista relembrou durante o depoimento que parou o carro e pediu para que a passageira se retirasse, momento em que as agressões físicas e insultos iniciaram.

De acordo com a vítima, a passageira começou a puxar o cabelo e socar o rosto dela. A motorista chegou a pedir ajuda a colegas de profissão, por meio de um aplicativo de mensagens e que eles teriam "apaziguado a situação". Diante disso, a motorista foi à Deam prestar a queixa.

Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*