Carregando...

Audiência sobre violência contra mulher é invadida por hackers em MT

Sistema foi invadido por usuários que usavam imagem do presidente Jair Bolsonaro — Foto: Divulgação

Sistema foi invadido por usuários que usavam imagem do presidente Jair Bolsonaro — Foto: Divulgação

Uma audiência que debatia a violência contra a mulher foi invadida por hackers nesta terça-feira (31) em Cáceres, a 220 km de Cuiabá. O evento era promovido pela Câmara Municipal de Cáceres para debater o Agosto Lilás - Campanha de Enfrentamento pelo Fim da Violência Contra a Mulher.

A audiência ocorreu de forma presencial e online e foi invadida por dezenas de usuários, com a maioria deles usando uma imagem do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), outros com fotos de meninas e ainda um que começou a transmitir um filme pornô.

A iniciativa da audiência partiu de diversas entidades e órgãos do município, como o Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH), a Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) e outros. Todos repudiaram o ataque.

De acordo com os vereadores, o link de participação havia sido distribuído aos convidados e em alguns grupos fechados da cidade de Cáceres.

Em uma ação sincronizada, os invasores entraram de uma vez. Eles disseram frases sexistas e machistas aos participantes.

No início da audiência estavam on-line a vereadora Mazeh Silva (PT), a Deputa Federal Rosa Neide (PT), o vereador Cézare Pastorello (SD), e os convidados e convidadas dos coletivos e representações.

Para os vereadores, o ataque aconteceu como forma de intimidar os grupos de mulheres da cidade.

Os vereadores guardaram o vídeo e disseram que vão tomar providências sobre o ataque.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*