Carregando...

Nascentes do Rio Paraguai (MT) secam e moradores temem falta d'água

Área de 7 Lagoas, nascente do Rio Paraguai, em MT — Foto: Divulgação

Área de 7 Lagoas, nascente do Rio Paraguai, em MT — Foto: Divulgação

A estiagem severa tem causado preocupação nos moradores da região de Sete Lagoas, em Alto Paraguai (MT), porque as nascentes do Rio Paraguai secaram. Os moradores pedem providências à prefeitura para intervir junto aos órgãos ambientais.

Patrícia Oliveira registrou imagens que mostram a mudança na paisagem. "Todas as pessoas estão muito tristes com essa situação. Estamos com medo de ficar sem água", afirmou.

Na publicação que Patrícia fez no perfil dela no Facebook, muitas pessoas lamentaram a seca.

"Todos os dias passo pelo local e me dá uma tristeza tão grande ver isso. Tem que agir rápido, tem que fazer alguma coisa, ou vamos perder a riqueza do nosso Rio Paraguai", comentou um morador.

O prefeito de Alto Paraguai, Aldair José (MDB), também se manifestou, dizendo que a prefeitura se preparou para o período da chuva e que a seca está no radar do município.

No entanto, ele disse que essas nascentes estão em uma propriedade particular e é preciso de autorização do proprietário e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) para tomar qualquer medida.

Região de 7 Lagoas, em Alto Paraguai, Mato Grosso — Foto: Reprodução

Região de 7 Lagoas, em Alto Paraguai, Mato Grosso — Foto: Reprodução

As imagens registradas por Patrícia mostram a região de Sete Lagoas com um volume muito baixo de águas. É possível ver as marcas no período de cheia e a região de lagos completamente vazias.

Antes, o volume de água era grande e de uma lagoa/nascente passava para outra, formando as nascentes do Rio Paraguai. Há duas semanas, o nível do Rio Paraguai em Cáceres pode chegar a 40 cm e atingir o menor nível desde 1965.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar