Carregando...

Conversão de carro ao GNV chega a custar R$ 7 mil em Cuiabá

Conversão de veículos para o gás veicular custa quase 7 mil reais

Conversão de veículos para o gás veicular custa quase 7 mil reais

Os constantes aumentos da gasolina e do etanol tem provocado um aumento na procura pela conversão do veículos em Mato Grosso. Os donos de carro precisam desembolsar quase R$ 7 mil por todo processo de conversão.

Motorista de aplicativo, Márcio Paulo, abastece com Gás Natural Veicular (GNV), há três meses, ele passa horas nas filas dos poucos postos que oferecem o combustível.

"Eu abasteço duas vezes por dia, em média, eu estou gastando de quatro a cinco horas só para abastecer o meu veículo", disse o motorista.

Só em Cuiabá, cerca de 1,7 mil motoristas por aplicativos usam GNV,.

"Muitos motoristas abandonaram a profissão por estarem usando o etanol e a gasolina, o GNV veio dar uma esperança a mais para a categoria e alguns motoristas acabaram retornando aos APPs", disse o presidente da Associação dos Motoristas por Aplicativos, Cléber Cardoso.

Conversão precisa ser noticiada ao Detran e kit gás precisa ser certificado — Foto: Reprodução/TVCA

Conversão precisa ser noticiada ao Detran e kit gás precisa ser certificado — Foto: Reprodução/TVCA

Segundo o Departamento de Trânsito (Detran), o número de carros com GNV cresceu 9%, em 2021, com relação a 2020. Em 2020, foram 1.290 veículos convertidos. Neste ano, já são mais de 1.405 conversões.

Segundo o diretor de veículos do Detran, Augusto Cordeiro, o aumento dos combustíveis é um dos principais fatores para o crescimento do GNV no estado. Outro fator elencado, foi a isenção de taxas e IPVA dos motoristas de aplicativo e outros.

Em uma das principais convertedoras do GNV em Cuiabá, há uma fila de espera. O responsável técnico pela empresa, Fabricio Rodrigues, disse que convertedora vai realizar a contratação de mais profissionais. Porém, destaca que falta mão de obra qualificada para trabalhar na área.

Passos para ter um carro movido a GNV

  • Primeiro a instalação do kit gás em uma convertedora licenciada, o custo médio é de R$ 6 mil.
  • Regularizar a documentação no Detran, que custa R$ 384,95.
  • Depois o veículo passa por uma empresa autorizada pelo Inmetro, que emitirá o certificado de segurança veicular. Custa cerca de R$ 400
  • Anualmente o veículo precisa passar por uma inspeção veicular que custa, em média, R$ 180.

Segundo o Detran, os motoristas que apenas fizeram a conversão, sem alteração da documentação, está cometendo uma infração grave, com cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 195,23.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*