Carregando...

Fábrica clandestina de cachaça é fechada pela polícia em Sabará, na Grande BH

Duas pessoas foram presas em fábrica clandestina de cachaça em Sabará — Foto: Polícia Civil / Divulgação

Duas pessoas foram presas em fábrica clandestina de cachaça em Sabará — Foto: Polícia Civil / Divulgação

Uma fábrica clandestina de cachaça foi fechada pela Polícia Civil em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As informações foram divulgadas pela instituição nesta sexta-feira (14).

Duas pessoas, que se identificaram como proprietárias, foram conduzidas à delegacia.

A ação foi realizada na última terça-feira (11) em desdobramento à operação "Cachaça Batizada".

Segundo a polícia, a fábrica funcionava em um imóvel no bairro Alvorada. No momento da chegada dos policiais, a dupla foi "surpreendida armazenando, guardando, mantendo à venda e estocando milhares de litros de cachaça sem a devida autorização ou permissão".

Durante buscas no imóvel foram encontradas garrafas plásticas vazias para acondicionamento de cachaça, máquinas manuais para engarrafamento, além de vários tonéis para acondicionamento.

"A perícia da Polícia Civil foi acionada, comparecendo ao local também fiscais do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), oportunidade em que foram recolhidas amostras dos produtos armazenados, e a consequente lacração dos tonéis e utensílios utilizados", disse a Polícia Civil em nota.

A dupla foi presa em flagrante pelos crimes contra a saúde pública e contra a ordem tributária.

Veja os vídeos mais assistidos do g1 Minas:

50 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*