Carregando...

Maioria das creches do Alto Tietê continua em ensino à distância ou formato híbrido, mesmo com permissão para retorno presencial

Embora creches possam retomar atividades totalmente presenciais, maioria continua à distância no Alto Tietê — Foto: Allan Phablo/Prefeitura de Mossoró

Embora creches possam retomar atividades totalmente presenciais, maioria continua à distância no Alto Tietê — Foto: Allan Phablo/Prefeitura de Mossoró

Nesta quarta-feira (13), o Governo do Estado anunciou o retorno das aulas presenciais obrigatórias para todos os alunos de São Paulo. A medida ainda não vale para as creches, onde a situação deve ser definida pelas prefeituras.

No entanto, desde agosto deste ano, as unidades de ensino infantil, que atendem crianças de 0 a 3 anos, estão autorizadas a oferecer atividades presenciais de forma facultativa – sob opção das famílias – para essa faixa etária.

Mesmo assim, a maioria das cidades do Alto Tietê mantém as aulas à distância ou em formato híbrido. Segundo informações enviadas pelas prefeituras, apenas as creches de Santa Isabel voltaram a receber os alunos.

Já em Guararema, as unidades continuam em sistema totalmente remoto. As demais seguem em modelo misto, com aulas presenciais e à distância, por meio do rodízio de alunos. Os municípios afirmam seguir protocolos de segurança contra a Covid-19.

  • Escolas e creches da rede municipal de Mogi voltam a receber 100% dos alunos de forma presencial
  • Mais da metade das famílias optou por não enviar crianças de até 3 anos para creche após reabertura, aponta pesquisa
  • Aulas presenciais passam a ser obrigatórias para todos os alunos a partir de segunda-feira no Alto Tietê

A ausência de aulas presenciais nas creches aponta para um cenário semelhante ao observado nas escolas municipais. Até o final de setembro, nenhuma cidade da região havia voltado a receber os estudantes de modo 100% presencial.

Em agosto, quando autorizou o retorno, a Secretaria Estadual de Educação chegou a informar que cada unidade deveria avaliar se tinha capacidade para retomar as atividades com todos os alunos, desde que respeitassem o distanciamento de 1 metro entre eles.

Sala de creche em Mogi das Cruzes: cidade recebe os estudantes de forma híbrida, com aulas presenciais e remotas — Foto: Divulgação/PMMC

Sala de creche em Mogi das Cruzes: cidade recebe os estudantes de forma híbrida, com aulas presenciais e remotas — Foto: Divulgação/PMMC

O levantamento conta com informações de Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Isabel e Suzano. As prefeituras de Arujá, Biritiba Mirim e Salesópolis também foram questionadas, mas não enviaram respostas sobre o assunto.

Juntas, as sete cidades somam 35.068 alunos matriculados em 293 creches municipais. Em quatro municípios, as aulas voltaram de forma híbrida. Em Guararema e Itaquaquecetuba, as atividades permanecem remotas. No entanto, a segunda prevê retorno para o dia 18 de outubro.

Confira abaixo o que as prefeituras do Alto Tietê informaram sobre a oferta de aulas presenciais nas creches:

Modalidade de ensino das creches nas cidades do Alto Tietê
Embora tenham autorização para retomada totalmente presencial, maioria dos municípios mantêm ensino à distância ou híbrido
Fonte: Prefeituras

Ferraz de Vasconcelos

A Secretaria de Educação de Ferraz de Vasconcelos informou que mantém o ensino em modalidade híbrida, com aulas presenciais e remotas, nas 34 creches da cidade. O total de alunos matriculados chega a 3.780, com idades entre 0 e 3 anos.

Segundo a pasta, as atividades presenciais ocorrem três vezes por semana, com capacidade de 35%. A administração municipal destacou, ainda, que essa medida também é válida para os ensinos infantil e fundamental.

Guararema

Ao todo, 605 alunos de 0 a 3 anos estão matriculados nas 11 creches municipais de Guararema, de acordo com a administração municipal. Do total, sete também recebem estudantes da pré-escola, entre 4 e 5 anos, que estão sendo atendidos presencialmente.

As demais unidades atendem somente crianças de até 3 anos e, por isso, ainda não voltaram às aulas presenciais. Os alunos dessa faixa etária permanecem, exclusivamente, à distância e sem previsão de volta às atividades na escola.

"A maioria delas nunca foi à escola (para esse público, as aulas presenciais estão suspensas desde Março/2020) e sua rotina de adaptação escolar demandaria a entrada/permanência de pais/responsáveis no ambiente escolar, o que consideramos arriscado", informou a Secretaria de Educação de Guararema.

"Haveria muitas crianças chorando (o que é comum no processo de adaptação escolar), necessitando de colo (que implica em aproximação física), essas crianças não estariam de máscara e haveria um volume considerável de adultos nas escolas, que têm controle da vacinação dos profissionais, mas não do público externo".

Itaquaquecetuba

Com 17 creches municipais e 53 subvencionadas, Itaquaquecetuba atende 7.569 crianças de até 3 anos. Na cidade, as aulas presenciais estão previstas para retomada em 18 de outubro com crianças de 3 anos. Por tanto, até então, todas estão fechadas.

A pasta destacou que "os documentos norteadores preveem o atendimento de 50%, levando em consideração os planos de retorno traçados pelas unidades escolares de acordo com as particularidades da estrutura física".

Disse também que "o retorno às atividades presenciais continuará ocorrendo de forma gradual e atendendo às normas de biossegurança e a redução dos casos de Covid-19". Atualmente, as atividades ocorrem à distância.

Os estudantes que não possuem acesso à internet recebem material impresso a cada 15 dias.

Mogi das Cruzes

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, Mogi das Cruzes possui 115 creches, sendo 100 subvencionadas, 13 municipais e duas escolas municipais que atendem turmas nessa faixa etária. Juntas, as unidades atendem 14.097 crianças com até 5 anos.

A pasta informou que 93% das creches municipais estão adequadas ao protocolo sanitário, retomaram as aulas presenciais e estão oferecendo atendimento híbrido. As demais estão passando por obras ou adequações e oferecem atividades à distância.

A Prefeitura disse também que as creches podem atender todos os estudantes, desde que seja respeitado o distanciamento de 1 metro. Informou, ainda, que há revezamento com a organização de grupos de controle.

Poá

Na cidade de Poá são 13 creches, que possuem 1.196 crianças matriculadas. As idades variam entre 4 meses e 3 anos e 11 meses.

A Prefeitura informou que as atividades ocorrem de forma híbrida, com rodízio de alunos, respeitando a capacidade de 35% no atendimento presencial.

Santa Isabel

A Prefeitura de Santa Isabel possui cinco creches próprias, que atendem 1.821 crianças de 3 meses a 3 anos e de 4 a 5 anos nas modalidades pré I e II. A cidade é a única que informou ter aulas presenciais, mas diz que a modalidade é parcial no maternal I e integral no maternal II.

"A capacidade varia de escola para escola e estamos seguindo o Plano São Paulo, respeitando o distanciamento e o rodízio de alunos para evitar a aglomeração", informou a pasta. Na cidade, 13% dos alunos não retomaram por opção das famílias. Outros 87% têm atividades presenciais.

Além disso, a Secretaria Municipal de Educação disse que, no caso dos alunos sem aulas presenciais, é feito um atendimento remoto por meio do WhatsApp e com o apoio de roteiros impressos.

Suzano

Em Suzano, 6 mil crianças de 6 meses a 3 anos estão matriculadas nas 44 creches da cidade. Do total, 24 unidades são municipais, enquanto as outras são comunitárias. A Secretaria Municipal de Educação informou que, atualmente, 42 creches estão atendendo dois grupos de alunos, com limite entre 50% e 75%, em sistema híbrido de rodízio. A pasta não especificou as idades dos estudantes.

Duas creches ainda não retomaram as atividades presenciais. Uma delas passa por reformas, segundo a pasta, e as crianças estão sendo atendidas de forma híbrida em uma escola próxima. Já a outra unidade não atende crianças dos grupos liberados (G2 e G3): "apenas do G1, que ainda não tiveram data para retorno definida".

Os impactos da pandemia na infância

11 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*