Carregando...

Com menos da metade da meta alcançada, Mogi faz ações especiais para vacinar crianças contra poliomielite

Criança recebe vacina contra poliomielite— Foto: Carlos Bassan

Criança recebe vacina contra poliomielite — Foto: Carlos Bassan

Mogi das Cruzes vacinou menos da metade da meta de crianças contra a poliomielite neste ano e por isso vai fazer ações especiais nesta sexta-feira (9) e sábado (10). A estimativa é que Mogi tenha 20.610 crianças neste público-alvo, mas apenas 7.818 foram imunizadas ao longo da campanha. Para atingir a meta, a cidade precisa vacinar 19.957 crianças e só atingiu 39,1% desse total.

A Secretaria de Saúde de Mogi das Cruzes fará um esquema especial de vacinação contra a poliomielite nesta sexta-feira (9) e no sábado (10). As crianças de 1 a 4 anos (até 4 anos e 11 meses) devem receber a dose - mesmo aquelas que estão com a caderneta de vacinação em dia.

Sete postos de saúde terão o horário estendido na sexta-feira, das 17h às 20h (veja a lista abaixo). No sábado, duas unidades ofertarão as doses: a UBS Jundiapeba, das 9h às 15h, e a UBS Santa Tereza, das 11h às 15h.

"Definimos por estender o horário de vacinação na sexta e ofertar as doses também no sábado justamente para ajudar os pais que trabalham e não têm tempo de levar durante a semana. A imunização é importantíssima, a vacina é segura e salva vidas. Por isso, faço um apelo aos pais: tragam seus pequenos para receber a gotinha contra a pólio. Precisamos impedir que esta doença volte ao nosso país", reforça o secretário de Saúde, Zeno Morrone Júnior.

A vacina continua disponível em todos os postos de saúde durante a semana, das 8h às 16h. A campanha de vacinação contra a poliomielite foi iniciada em 8 de agosto e a primeira etapa terminaria nesta sexta-feira, mas, em função da baixa adesão, a campanha foi prorrogada pelo Ministério da Saúde até o dia 30 de setembro.

A poliomielite é uma doença que causa a paralisia infantil e ainda não é considerada erradicada. Ainda há países com casos endêmicos e neste ano foi observado o retorno de casos em nações que já tinham eliminado a doença. O caso mais recente ocorreu em julho, nos Estados Unidos. As Américas não registravam casos da doença desde 1991, quando houve a última ocorrência no Peru. No Brasil, o último caso foi em 1989.

Atualmente, o Brasil está listado entre os países com alto risco para a reintrodução do vírus da pólio, devido às baixas coberturas observadas nos últimos anos, tanto na vacinação de rotina quanto nas campanhas.

Unidades de Saúde que ofertarão a vacina contra a pólio na sexta-feira (9), das 17h às 20h:

  • Botujuru
  • Braz Cubas
  • Jd. Camila
  • Jundiapeba
  • Mineração
  • Jd.Maricá
  • Ponte Grande

Unidades que ofertarão a vacina contra a pólio neste sábado (10):

  • UBS Jundiapeba - das 09h às 15h
  • UBS Santa Tereza - das 11h às 15h

Assista a mais notícias

50 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*