Carregando...

Senador e deputado trocam socos e chutes durante sessão do Congresso boliviano; veja vídeo

VÍDEO: Parlamentares bolivianos trocam socos e chutes durante sessão

VÍDEO: Parlamentares bolivianos trocam socos e chutes durante sessão

Um senador e um deputado trocaram socos e chutes durante uma sessão do Congresso boliviano nesta terça-feira (8). Eles se desentenderam após uma fala do ministro do Governo sobre a prisão da ex-presidenteJeanine Áñez.

Fernando del Castillo, chefe da pasta equivalente à Casa Civil no Brasil, reforçou a tese do atual governo de que houve um golpe de Estado em 2019, o que levou a renúncia do então presidente Evo Morales e a posse de Áñez.

O senador opositor Henry Montero, e o deputado governista Antonio Gabriel Colque discutiram e chegaram a se agredir fisicamente. A ação foi transmitida pela televisão pública, e registrada por outros parlamentares pelo celular (veja no vídeo acima).

LEIA TAMBÉM

  • Emmanuel Macron é agredido em viagem ao sul da França; veja vídeo
  • Com 99% dos votos apurados, eleição segue indefinida no Peru

Deputado Antonio Colque e senador Henry Montero trocam agressões em sessão do Congresso em La Paz em foto de 8 de junho de 2021 — Foto: Stringer/EFE

Deputado Antonio Colque e senador Henry Montero trocam agressões em sessão do Congresso em La Paz em foto de 8 de junho de 2021 — Foto: Stringer/EFE

Os opositores sustentam que a detenção de Áñez, em março deste ano, foi uma violação da lei. Eles também rejeitam a acusação de golpe alegando que a saída de Morales se deveu à pressão popular após denúncias de fraude nas eleições.

O ministro Del Castillo se alterou e chamou os opositores de "cúmplices" aos gritos. Montero pediu por respeito e foi empurrado por Colque enquanto outros governistas o cercavam. Montero e Colque trocaram chutes e socos e o governista foi derrubado no chão, sob os golpes do opositor.

Em outro local do Congresso, as parlamentares Tatiana Áñez, do partido de direita Creemos, e María Alanoca, do MAS – partido de Morales e do atual presidente Luis Arce –, também se empurraram e puxaram os cabelos uma da outra.

A sessão do Congresso chegou a ser suspensa por vários minutos, e após todos acalmarem os ânimos, o ministro Del Castillo pôde encerar sua fala.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*