Carregando...

Após tumulto, voos comerciais são cancelados no aeroporto de Cabul

Afegãos se aglomeram na pista do aeroporto de Cabul no dia 16 de agosto para tentar fugir do país após o Talibã assumir o controle do Afeganistão — Foto: AFP

Afegãos se aglomeram na pista do aeroporto de Cabul no dia 16 de agosto para tentar fugir do país após o Talibã assumir o controle do Afeganistão — Foto: AFP

Os voos comerciais no aeroporto de Cabul foram cancelados nesta segunda-feira (16) após o registro de cenas caóticas com cidadãos tentando embarcar em aviões para deixar o Afeganistão, agora dominado pelo Talibã. Os voos militares continuam operando.

"Por favor, não venha para o aeroporto", disse uma autoridade do aeroporto.

Vídeos publicados nas redes sociais mostram várias pessoas tentando entrar em aeronaves que estavam prestes a deixar o Afeganistão.

Durante o tumulto, agentes das tropas dos Estados Unidos, que estavam no aeroporto para ajudar os norte-americanos a embarcarem, atiraram para o alto.

"A multidão estava fora de controle", afirmou um oficial à agência de notícias Reuters. "O disparo foi feito apenas para neutralizar o caos."

Mais de 60 países, incluindo Estados Unidos, Alemanha, Japão e França, publicaram um comunicado em que fazem um apelo para que cidadãos afegãos e estrangeiros tenham permissão para deixar o Afeganistão em segurança.

VÍDEO: Veja cronologia da tomada de poder do Talibã no Afeganistão

VÍDEO: Veja cronologia da tomada de poder do Talibã no Afeganistão

'Situação pacífica'

Autoridades do Talibã disseram nesta segunda que não receberam relatos de confrontos em todo o país desde que tomaram Cabul.

"A situação é pacífica, de acordo com nossas informações", disse um dos principais membros do grupo extremista.

VÍDEO: Entenda o que é o Talibã, grupo extremista que tomou a capital do Afeganistão

VÍDEO: Entenda o que é o Talibã, grupo extremista que tomou a capital do Afeganistão

Rápido avanço do Talibã

A queda do governo afegão para o Talibã ocorre 20 anos depois de o grupo extremista ser expulso de Cabul pelos Estados Unidos, que invadiram o país dias após os ataques de 11 de setembro de 2001.

Em abril, o presidente Joe Biden havia anunciado a retirada de todas as tropas do país até 11 de setembro deste ano.

O Talibã avançou rapidamente depois de que a maior parte das forças lideradas pelos Estados Unidos deixaram o país em julho, e a queda de Cabul ocorre antes do previsto pelas autoridades norte-americanas.

Segundo a Reuters, a estimativa dos serviços de inteligência norte-americanos era de que o Talibã chegasse a Cabul em setembro, com uma possível tomada do poder em novembro.

Talibã toma o poder no Afeganistão — Foto: G1

Talibã toma o poder no Afeganistão — Foto: G1


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*