Carregando...

Avião privado da Cessna cai na costa da Letônia

Um avião privado da Cessna caiu na costa da Letônia neste domingo (4), afirmou o serviço de resgate da Suécia, após a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) enviar jatos para seguir seu trajeto errático.

  • Compartilhe esta reportagem no WhatsApp
  • Compartilhe esta reportagem no Telegram

O avião 551, registrado na Áustria, estava voando de Jerez, no sul da Espanha, de onde decolou às 15h56 (horário de Brasília) sem uma destinação determinada, segundo o site FlightRadar24.

Depois, seguiu em direção aos Países Bálticos, passando perto da ilha sueca de Gotland. Às 20h37 (horário de Brasília), foi listado pelo site de acompanhamento de voos perdendo velocidade e altitude rapidamente.

“Descobrimos que o avião caiu [no oceano] ao noroeste da cidade de Ventspils, na Letônia”, disse um porta-voz do serviço de resgate da Suécia. “Desapareceu do radar”.

Um helicóptero da força aérea da Lituânia foi enviado ao local da queda para uma operação de busca e resgate a pedido da vizinha Letônia, disse um porta-voz da força aérea lituana. Porta-vozes do controle de tráfego aéreo da Letônia e serviços de resgate não estavam disponíveis para comentários imediatos.

Um jato da Otan decolou mais cedo para seguir o avião, disse um porta-voz da força aérea da Lituânia à Reuters. O serviço de resgate sueco disse que eles haviam relatado que não havia ninguém visível no controle do avião da Cessna.

O jato era da missão de Policiamento Aéreo no Báltico da Otan, no campo aéreo de Amari, na Estônia, disse o porta-voz da Força Aérea da Lituânia à Reuters. A missão tem quatro jatos Eurofighter da Força Aérea da Alemanha, ainda segundo a organização.

O g1 agora está no Telegram; clique aqui para receber notícias diretamente no seu celular.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*