Carregando...

Cenas de leoa após a caça, morcego órfão e chitas em rio concorrem a melhor imagem de vida selvagem; FOTOS

O concurso "Fotógrafo de Vida Selvagem 2021" divulgou fotos impressionantes que estão concorrendo na sua 57a edição. A competição, que é organizada pelo Museu de História Natural de Londres, recebeu mais de 50 mil inscrições de fotógrafos profissionais e amadores de 95 países. Os vencedores serão anunciados em 12 de outubro.

'O grande mergulho', de Buddhilini de Soyza, Sri Lanka/Austrália. Chitas no furioso rio Talek em Maasai Mara, no Quênia — Foto: Buddhilini de Soyza/Wildlife Photographer of the Year

'O grande mergulho', de Buddhilini de Soyza, Sri Lanka/Austrália. Chitas no furioso rio Talek em Maasai Mara, no Quênia — Foto: Buddhilini de Soyza/Wildlife Photographer of the Year

'Lince na soleira', por Sergio Marijuán, Espanha. Lince-ibérico para na porta de um palheiro abandonado em uma fazenda no leste de Sierra Morena, na Espanha — Foto: Sergio Marijuán/Wildlife Photographer of the Year

'Lince na soleira', por Sergio Marijuán, Espanha. Lince-ibérico para na porta de um palheiro abandonado em uma fazenda no leste de Sierra Morena, na Espanha — Foto: Sergio Marijuán/Wildlife Photographer of the Year

'Uma mão carinhosa', por Douglas Gimesy, Austrália. Filhote de raposa-voadora, um tipo de morcego,tinha três semanas quando foi encontrada sozinha no chão e levada para um abrigo, em Melbourne, Austrália — Foto: Douglas Gimesy/Wildlife Photographer of the Year

'Uma mão carinhosa', por Douglas Gimesy, Austrália. Filhote de raposa-voadora, um tipo de morcego, tinha três semanas quando foi encontrada sozinha no chão e levada para um abrigo, em Melbourne, Austrália — Foto: Douglas Gimesy/Wildlife Photographer of the Year

'Raposa da tempestade', por Jonny Armstrong, EUA. A raposa estava ocupada procurando na parte rasa por carcaças de salmão. Na beira da água, Jonny estava deitado de bruços, mirando em um ângulo baixo e amplo. O animal era uma das duas únicas raposas vermelhas na pequena ilha no Lago Karluk, na Ilha Kodiak do Alasca — Foto: Jonny Armstrong/Wildlife Photographer of the Year

'Raposa da tempestade', por Jonny Armstrong, EUA. A raposa estava ocupada procurando na parte rasa por carcaças de salmão. Na beira da água, Jonny estava deitado de bruços, mirando em um ângulo baixo e amplo. O animal era uma das duas únicas raposas vermelhas na pequena ilha no Lago Karluk, na Ilha Kodiak do Alasca — Foto: Jonny Armstrong/Wildlife Photographer of the Year

'Sensores profundos', por Laurent Ballesta, França. Em águas profundas na costa mediterrânea francesa, entre corais negros de água fria, Laurent encontrou uma visão surreal - uma comunidade vibrante de milhares de camarões narvais — Foto: Laurent Ballesta/Wildlife Photographer of the Year

'Sensores profundos', por Laurent Ballesta, França. Em águas profundas na costa mediterrânea francesa, entre corais negros de água fria, Laurent encontrou uma visão surreal - uma comunidade vibrante de milhares de camarões narvais — Foto: Laurent Ballesta/Wildlife Photographer of the Year

'Perda líquida', por Audun Rikardsen, Noruega. No rastro de um barco de pesca, uma mancha de arenques mortos e moribundos cobre a superfície do mar ao largo da costa da Noruega — Foto: Audun Rikardsen/Wildlife Photographer of the Year

'Perda líquida', por Audun Rikardsen, Noruega. No rastro de um barco de pesca, uma mancha de arenques mortos e moribundos cobre a superfície do mar ao largo da costa da Noruega — Foto: Audun Rikardsen/Wildlife Photographer of the Year

'Apollo pousando', por Emelin Dupieux, França. Uma borboleta Apollo pousa em uma margarida oxeye — Foto: Emelin Dupieux/Wildlife Photographer of the Year

'Apollo pousando', por Emelin Dupieux, França. Uma borboleta Apollo pousa em uma margarida oxeye — Foto: Emelin Dupieux/Wildlife Photographer of the Year

'Mágica do cogumelo', por Juergen Freund, Alemanha/Austrália. Juergen encontrou o fungo fantasma em uma árvore morta na floresta perto de sua casa em Queensland, Austrália — Foto: Juergen Freund/Wildlife Photographer of the Year

'Mágica do cogumelo', por Juergen Freund, Alemanha/Austrália. Juergen encontrou o fungo fantasma em uma árvore morta na floresta perto de sua casa em Queensland, Austrália — Foto: Juergen Freund/Wildlife Photographer of the Year

'Desenho tóxico', por Gheorghe Popa, Romênia. Foto feita com drone mostra detalhe de rio poluído por rejeitos de uma mina no Vale Geamana, nas montanhas Apuseni da Romênia. Os materiais tóxicos se infiltraram nas águas subterrâneas e ameaçaram os cursos d'água de forma mais ampla, colorindo o rio — Foto: Gheorghe Popa/Wildlife Photographer of the Year

'Desenho tóxico', por Gheorghe Popa, Romênia. Foto feita com drone mostra detalhe de rio poluído por rejeitos de uma mina no Vale Geamana, nas montanhas Apuseni da Romênia. Os materiais tóxicos se infiltraram nas águas subterrâneas e ameaçaram os cursos d'água de forma mais ampla, colorindo o rio — Foto: Gheorghe Popa/Wildlife Photographer of the Year

'Magnetismo natural', por Jaime Culebras, Espanha. Jaime avistou esta vespa "falcão-tarântula" arrastando uma tarântula em sua cozinha, em Quito, Equador — Foto: Jaime Culebras/Wildlife Photographer of the Year

'Magnetismo natural', por Jaime Culebras, Espanha. Jaime avistou esta vespa "falcão-tarântula" arrastando uma tarântula em sua cozinha, em Quito, Equador — Foto: Jaime Culebras/Wildlife Photographer of the Year

'Momento cru', por Lara Jackson, Reino Unido. Imagem de uma leoa com sangue brilhante em seu focinho feita pela fotógrafa Lara Jackson no Parque Nacional do Serengeti, na Tanzânia — Foto: Lara Jackson/Wildlife Photographer of the Year

'Momento cru', por Lara Jackson, Reino Unido. Imagem de uma leoa com sangue brilhante em seu focinho feita pela fotógrafa Lara Jackson no Parque Nacional do Serengeti, na Tanzânia — Foto: Lara Jackson/Wildlife Photographer of the Year


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*