Carregando...

Após 4 semanas sem casos, Floraí registra surto de Covid-19 depois de campeonato com público

Teste de Covid-19 — Foto: Reprodução/Pixabay

Teste de Covid-19 — Foto: Reprodução/Pixabay

Floraí, na região norte do Paraná, registrou um surto de novos casos de Covid-19 depois da realização de um campeonato de handebol, que contou com a presença de público, segundo a prefeitura. O município chegou a ficar sem diagnósticos da doença por quatro semanas.

A cidade tem população estimada em 4.883 pessoas. Até terça-feira (14), Floraí tinha 702 casos confirmados e 13 mortes provocadas pela doença.

  • CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias
  • ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado
  • VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas

O município recebeu a 1ª etapa do Campeonato Paranaense de Handebol Adulto entre os dias 4 e 5 de setembro.

À época, a cidade registrava um caso positivo. Agora, o número subiu para 68, segundo a prefeitura.

Durante o campeonato, foi permitida a entrada de 50% do público conforme a capacidade do ginásio, sendo obrigatório o uso de máscaras e álcool em gel.

  • Governo revoga toque de recolher e libera eventos com até 1 mil pessoas, no Paraná

O secretário de Administração de Floraí, Ronaldo Ferreira de Souza, disse que atletas e a comissão técnica testaram positivo para doença.

Por causa disso, a cidade resolveu adiar a realização de uma das etapas dos Jogos Abertos do Paraná e dos Jogos da Juventude.

"Adiamos essas disputas por precaução e transferimos para outro município. Acreditamos que esse evento da Liga de Handebol tenha contribuído muito para o avanço dos casos", disse.

A cidade não descarta adotar novas restrições diante do aumento do número de casos positivos.

O G1 entrou em contato com a Paraná Handebol, que organiza o campeonato, e aguarda retorno.

Vacinação

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Floraí vacinou 75% da população total com ao menos uma dose do imunizante contra a Covid-19. Mais da metade dos habitantes já concluiu o esquema vacinal.

Segundo a secretária de Saúde, Alessandra Farias, os novos casos que foram registrados são de pacientes que estão com sintomas leves da doença.

"São pacientes que não agravaram. Estamos monitorando todos a cada 48 horas e, alguns, já estão saindo isolamento. Confiamos que seja por causa da vacinação avançada, apesar da velocidade de contaminação ter sido maior", afirmou.

VÍDEOS: mais assistidos do G1 PR

200 vídeos

Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*