Carregando...

Fundo patrimonial permitirá que USP receba doações - Notícias - R7 Notícias

A Universidade de São Paulo (USP) lançou nesta semana o seu fundo patrimonial e se prepara para, até o fim do ano, começar a receber doações. Hoje, já é possível doar para projetos específicos da USP e, com o fundo patrimonial, a ideia é que parte das doações entrem em uma poupança duradoura.

Comuns nos Estados Unidos, os fundos patrimoniais, ou endowments, investem dinheiro doado no mercado, e a universidade só usa os rendimentos para ações como melhorar laboratórios, apoio à pesquisa e bolsas. A ideia é que o fundo seja perene: quanto maior o bolo de doações, maiores os rendimentos e mais projetos são apoiados.

O fundo patrimonial da USP receberá doações de qualquer valor. Podem participar não só empresários e ex-alunos, mas qualquer interessado em contribuir. Quem doar pode escolher o modelo: para aplicação imediata em ações específicas ou a poupança de rendimentos, com aplicação posterior.

Unidades da USP já criaram seus fundos há mais tempo. O mais antigo é o Amigos da Poli, que, neste ano, chegou à marca de R$ 36 milhões. O fundo já aplicou R$ 1 milhão em projetos dos alunos de engenharia.

Será possível contribuir por meio de uma página na internet, com pagamento em boleto ou cartão de crédito. Novos endowments e até antigos fundos ligados às universidades têm diversificado as formas de pagamento para atrair doadores. Na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), por exemplo, é possível doar com PIX. Outras instituições criam planos mensais.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*