Carregando...

Polícia britânica recomenda mais de 100 multas por violações de lockdown do governo

A polícia britânica disse nesta quinta-feira que já fez mais de 100 encaminhamentos para multas como parte de sua investigação sobre a quebra de regras do lockdown em reuniões realizadas na residência oficial do primeiro-ministro em Downing Street durante a pandemia de Covid-19.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pediu desculpas quando recebeu uma multa em abril por quebrar as regras do lockdown ao participar de uma reunião em seu escritório para comemorar seu aniversário, mas rejeitou renunciar por isso.

  • Caçada por preso que fugiu com carcereira termina em morte
  • Líderes do G7 anunciam sanções ao petróleo da Rússia
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Ele pode receber mais multas por outras reuniões, mas na quinta-feira o porta-voz de Johnson disse que o primeiro-ministro não havia recebido outra multa.

"Nesta quinta-feira, 12 de maio, a Operação Hillman, investigação sobre violações dos regulamentos da Covid-19 em Whitehall e Downing Street, fez mais de 100 encaminhamentos para avisos de multa", informou um comunicado da polícia.

A polícia disse que a investigação continua ativa, então o total de multas pode aumentar ainda mais.

Foi a primeira atualização da polícia sobre o número de multas emitidas em um mês depois de adiamento até depois das eleições locais, realizadas na semana passada.

Na última atualização, em 12 de abril, a polícia disse ter feito mais de 50 encaminhamentos para multas.

A polícia está investigando 12 reuniões realizadas nos gabinetes britânicos depois que uma investigação interna apontou que a equipe de Johnson organizou festas regadas à álcool, com o líder britânico participando de alguns dos eventos.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*