Carregando...

Rússia diz que resposta a bloqueios 'não será diplomática'

O governo da Rússia aumentou o tom contra a Lituânia nesta quarta-feira (22) por conta da retenção de produtos sancionados pela União Europeia que está sendo feita em Kaliningrado desde o último fim de semana.

Segundo a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova, as respostas "não serão diplomáticas, mas sim práticas" contra o governo de Vilnius. Conforme declaração às agências de notícias russas, as "opções estão em fase de estudo em várias agências" do governo.

  • Gustavo Petro é eleito como 1º presidente de esquerda da Colômbia
  • Relação de William e Harry está no "fundo do poço", dizem amigos
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Desde o fim de semana, a Lituânia bloqueou a passagem de mercadorias que tenham sofrido sanções europeias, como aço e metais ferrosos, no enclave por via terrestre e ferroviária.

O governo lituano, porém, ressaltou que os fornecedores e compradores haviam sido informados com antecedência sobre o que poderia ou não passar pelo local e que não há nenhum bloqueio às demais mercadorias, como alimentos, ou à travessia de passageiros.

Porém, os russos usam a situação para dizer que a Lituânia está agravando o escoamento de grãos e causando ainda mais problemas para a "segurança alimentar" do mundo. Nessa guerra de narrativas, fontes da União Europeia informam que a questão de Kaliningrado está sendo debatida de maneira interna.

"É uma questão nova e é preciso entender os detalhes antes", disse uma fonte à ANSA ressaltando que a Lituânia está aplicando as sanções europeias no local. No entanto, revelou que há "posições contrastantes" dentro do Conselho para emitir uma mensagem clara de apoio a Vilnius no momento.

Porém, o porta-voz do governo da Alemanha, Steffen Hebestreit, afirmou que Berlim "rejeita firmemente" as ameaças de represálias de Moscou contra a Lituânia. .
   


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*