Carregando...

Navegador sobrevive 16 horas em bolha de ar de barco virado no Atlântico

Barco virado avistado durante operação de resgate
Barco virado avistado durante operação de resgate
Foto: Reuters / BBC News Brasil

Um navegador francês de 62 anos sobreviveu por 16 horas no mar dentro de um barco virado graças a uma bolha de ar.

A embarcação de 12 metros, que partiu de Lisboa, em Portugal, enviou um pedido de socorro na noite de segunda-feira (01/08) do Oceano Atlântico.

  • China lança operações militares após dizer que EUA "pagarão preço" por visita de Pelosi
  • Nova York declara estado de emergência por varíola de macacos
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

A guarda costeira espanhola encontrou o barco virado, mas o mar estava agitado demais para resgatá-lo — e o navegador teve que esperar até a manhã seguinte.

A sobrevivência da vítima estava "à beira do impossível", de acordo com mergulhadores da guarda costeira.

O pedido de socorro foi enviado às 20h23 (horário local) de segunda-feira, a 22,5 quilômetros das Ilhas Sisargas, perto da região da Galícia, no noroeste da Espanha.

Um barco de resgate transportando cinco mergulhadores e três helicópteros partiu para encontrar e resgatar o navegador, que ainda não foi identificado.

Um mergulhador foi içado até o casco do navio para procurar sinais de vida, e o homem respondeu batendo lá de dentro.

O mar estava agitado, e o sol havia se posto, então a equipe de resgate prendeu balões de flutuação ao barco para impedir que ele afundasse e esperou até a manhã seguinte.

Homem foi levado de helicóptero para hospital após ser resgatado
Homem foi levado de helicóptero para hospital após ser resgatado
Foto: Reuters / BBC News Brasil

No dia seguinte, dois mergulhadores nadaram sob o barco para ajudar o francês a sair — ele estava usando um traje de sobrevivência de neoprene e submerso na água até os joelhos.

O homem pulou então na água gelada e nadou sob o barco em direção à superfície do mar.

No Twitter, a Sociedade Marítima de Segurança e Resgate da Espanha escreveu: "Cada vida salva é nossa maior recompensa".

Vicente Cobelo, membro da equipe de operações especiais da guarda costeira espanhola, disse que o navegador entrou na água "por iniciativa própria".

Mas acrescentou que os mergulhadores ajudaram a retirá-lo, pois era difícil para ele tirar o traje de sobrevivência.

Ele foi transportado de helicóptero pela equipe de resgate e rapidamente levado ao hospital para fazer exames.

Equipe espanhola de Resgate Marítimo salvou francês
Equipe espanhola de Resgate Marítimo salvou francês
Foto: Reuters / BBC News Brasil

- Este texto foi publicado em https://www.bbc.com/portuguese/internacional-62408863


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar