Carregando...

Datafolha em São Paulo: Haddad tem 38%, Tarcísio, 16% e Rodrigo Garcia, 11%

O ex-prefeito Fernando Haddad (PT) lidera a disputa pelo governo de São Paulo com 38% das intenções de voto, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 18. O petista é seguido pelo ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas (Republicanos), que tem 16% e pelo candidato à reeleição, o governador Rodrigo Garcia (PSDB), que tem 11%.

Antes do início oficial da campanha, Haddad tinha 4 pontos a menos. Já Tarcísio e Garcia estavam empatados com 13% das intenções de voto. Segundo o instituto, as pesquisas não são diretamente comparáveis, já que a última amostra continha outros candidatos, mas mostra que a saída de nomes da disputa beneficiaram o ex-ministro na corrida com Garcia pelo segundo lugar.

  • Jovem é levada a tribunal do crime após negar beijo e discutir com integrante do PCC
  • Mega-Sena: quatro apostas dividem prêmio de R$ 26,6 milhões
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Carol Vigliar, do UP, tem 2% na pesquisa, empatada tecnicamente com Gabriel Colombo (PCB), que tem 2% e Elvis Cezar (PDT), Vinicius Poit (Novo), Altino (PSTU) e Edson Dorta (PCO), todos com 1%. O candidato do DC não foi considerado pois teve registro de candidatura após a realização da pesquisa.

Este é a primeiro levantamento do instituto realizado após o início da campanha eleitoral, que começou oficialmente na terça-feira, dia 16. A pesquisa foi contratada pelo jornal Folha de São Paulo e pela TV Globo

Fernando Haddad avançou quatro pontos e mantém a liderança em São Paulo Foto: Alex Silva/Estadão

Haddad é o candidato mais rejeitado, com 30% dos eleitores afirmando que não votariam no petista. Tarcísio tem 22% de rejeição e Garcia, 20%. O levantamento também mostra uma indefinição no segundo turno, com Haddad à frente contra Tarcísio (53% a 31%) e contra Garcia (51% a 32%).

O instituto entrevistou 1.812 eleitores nos dias 16 e 18 de agosto em 72 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no protocolo sob o número SP-02170/2022.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar