Carregando...

Lula segue com 47% das intenções; Bolsonaro sobe para 32%

  • Turistas encontram mulher sem roupas dormindo no quarto de hotel deles no RJ
  • "Temos medo de usar nossas camisetas na rua", dizem membros de movimentos estudantis
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto para as eleições de outubro com 47%, informou o Instituto Datafolha nesta quinta-feira (18). No entanto, o atual mandatário, Jair Bolsonaro (PL), avançou e chegou aos 32%.
    No segundo turno, Lula teria 54% contra 37% de Bolsonaro.
    O percentual do candidato do PT é o mesmo da última pesquisa, divulgada no fim de julho, mas Bolsonaro subiu de 29% para 32%.
    Já no caso do segundo turno, eram 55% para Lula e 35% para o mandatário.
    Na terceira posição, está o candidato Ciro Gomes (PDT), com 7%, seguido por Simone Tebet (MDB), com 2%. Vera Lucia do PSTU tem 1%. Os demais candidatos não chegaram a 1% das intenções de voto.
    Os que afirmaram que votarão em branco ou nulo somam 6% e os que não sabem são 2%.
    O Datafolha ainda questionou sobre a rejeição aos candidatos e 51% disseram que não votam em Bolsonaro de jeito nenhum. Sobre o petista, a rejeição é de 37%.
    Considerando apenas os votos válidos, Lula ganharia no primeiro turno com 51% dos votos. Bolsonaro está em segundo com 35%; Ciro com 8%, Tebet com 2%; Vera e Pablo Marçal (PROS) teriam 1%. Os demais candidatos não chegaram a 1%.
    Na pesquisa espontânea, quando os nomes dos candidatos não são citados, Lula tem 40% dos votos; Bolsonaro tem 28%; Ciro tem 2%; Tebet tem 1%; e os outros nomes somaram 1%.
    Foram ouvidos 5.744 cidadãos entre os dias 16 e 18 de agosto e a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.
    Cenários - A pesquisa do Instituto Datafolha mostrou que Lula vai melhor entre os eleitores que ganham até dois salários mínimos (55%) e quem recebe ou mora com quem ganha o Auxílio Brasil (56%).
    No Nordeste, o petista tem 57% das intenções de voto; entre as pessoas pretas é de 60%; entre homossexuais e bissexuais é de 69%.
    Já Bolsonaro vai melhor entre os mais ricos - que ganham mais de 10 salários mínimos - com 43% dos votos e entre os moradores do Norte do país (43%). A vantagem também ocorre entre os evangélicos (49%) e entre brancos (38%). .
   


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar