Carregando...

Lula defende reajuste em tabela do SUS e mais receita para área da Saúde

O candidato à Presidência pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, defendeu neste domingo, 4, a proposta de aumentar a receita do Sistema Único de Saúde (SUS) e conveniar a rede de especialistas à estrutura pública.

"Se na sua rua tiver especialista, é lá que você vai. A maioria das pessoas ficam esperando e nunca são atendidas. Morrem sem ser atendidas pelo especialista. Temos que melhorar a receita para poder colocar mais dinheiro no SUS e aumentar a faixa que o SUS paga", afirmou durante encontro com trabalhadoras domésticas no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, na Grande SP. "A tabela do SUS tem que ser reajustada para a gente atender essas pessoas", continuou.

  • Em anúncio no YouTube direcionado a mulheres, Michelle Bolsonaro exagera sobre papel do governo na transposição
  • O que é sigilo de cem anos imposto por Bolsonaro e atacado por Lula
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Lula afirmou ainda que não existem recursos para políticas sociais, incluindo o programa Minha Casa Minha Vida, que foi reestruturado e renomeado para Casa Verde e Amarela pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PL).

"Três governadores de Estado disseram que não tem uma obra feita pelo atual governo. O que ele está fazendo é pegando obra que a gente fez, que falta 5%, indo lá e dizendo que foi ele que fez", afirmou.

O petista voltou a dizer que Bolsonaro não incluiu o Auxílio Brasil de R$ 600 no Orçamento de 2023.

Mulheres

No encontro com trabalhadoras domésticas, Lula afirmou que Janja, sua esposa, Lu Alckmin, esposa de Geraldo Alckmin (PSB), e Ana Estela, esposa de Fernando Haddad (PT), "entendem mais de mulheres" do que o trio ao dizer que entregará a elas as propostas reunidas por entidades que representam a categoria. "Elas três entendem mais de mulheres do que nós três", disse Lula em aceno ao segmento feminino. "Certamente elas virão nos repreender se a gente não fizer as coisas corretas", finalizou.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar